Paraiso Swing Cams
Online agora
VickyLove SquirtNalia CelestteSweetTS NathalyDaniels indianauqa NikaGentle SofiiaMiiller LulaGreen NatashaAnder1 AnnHouston ParisRosee StacyRep KeikoMai KimberlyJone pinayslutmargo
Ver todos os modelos
Fato
17 de set de 2022


eu sempre tive uma bunda arrebitada, branquinha e durinha. me masturbava olhando pro meu próprio rabo no espelho, imaginando eu comendo uma bunda dessas (rs). Um dia eu resolvi vestir uma calcinha da minha irmã para dar mais tesão e gozei muito rápido de tanto tesão que fiquei (isso eu tinha 14 anos de idade). Nunca pensei em ser gay. só fazia isso pra me satisfazer pensando em comer um rabo gostoso.

no carnaval eu e uns 5 amigos nos vestimos de mulher. No bloco, nos começamos a passar a mãos nos foliões e percebi que uns estavam gostando e toda hora voltavam a passar perto da gente (todos nos éramos homens até então) teve uma hora que um rapaz passou a mão na minha bunda e eu fingi que não vi. me afastei dos meus amigos para comprar uma cerverjinha e ao voltar eu senti uma mão no meu rabo de novo, mas tudo na zueira do carnaval. Aquilo me deu um tesão incrível que nem eu sabia que tinha. No dia seguinte, eu levei a calcinha da minha irmã na bolsa, fiz uma maquiagem mais feminina e na rua eu tirei a sunga e botei a calcinha fio dental da minha irmã (calcinha já usada por ela). Me misturei com outros homens vestidos de piranha, mas que eu nao os conhecia, assim, eu comecei a passar a mão nas rolas dos rapazes fingindo uma zoação de carnaval, foi ai que percebi uma rola um pouco mais dura, maior e mais grossa. Foi aí que olhei pra ele e fui me afastando... afastando... e ele me seguindo. Saímos do tumulto indo sentido a um buraco no muro da linha do trem. Passando pelo buraco, ele já botou o pau enorme pra fora e eu segurei. ele me virou de costas e botou o pau no meio das minhas pernas. me senti uma puta, aquele pauzão quente passava entre minhas pernas e ele lambia meu pescoço. Aí eu abaixei e comecei a mamar aquele pau (foi a primeira vez que eu estava tocando no pau de alguem) mamei, mamei, mamei... Ele me botou de costas e tentou me comer, mas eu nao tinha camisinha e tambem nunca tinha dado, foi aí que apareceram 3 rapazes vendedores ambulantes e se juntaram a nós. Eu fiquei com medo, muito medo, mas o tesão tomava conta de mim. Um deles estava cheio de casinha e falou assim: -nossa que rabo gostoso e começou a chupar meu cu. juro que me deu vontade de sair correndo de vergonha mas o tesão nao deixava eu sair dali. Ele botou o pau pra fora, botou a camisinha e começou a tentar botar no meu cu. Eu pedi calma que era a primeira vez. Consegui dar, mas estava me incomodando de dor, foi aí que o rapaz dotado me botou pra mamar enquanto o camelô socava bem devagar no meu rabo e parece que isso alargou meu cu. Quando percebi , eu ja estava dando igual a uma égua. gemendo, rebolando, abrindo as minhas nádegas pro pau entrar mais ainda... "ele gozou" veio o outro e socou no meu rabo, nao demorou 5 minutos e gozou rsrsrsrs aí eu pedi uma caminha pro rapaz pauzudo que me levou pra linha do trem poder me comer. Olha, meus amigos. QUE ROLA ! ele me comeu tão gostoso que eu gozei sem me tocar. Acabei dando para os 3 camelôs e para o rapaz dotado.

No dia seguinte, as 16hs eu ja estava toda arrumadinha indo pra Madureira, bairro da zona norte do RJ. Botei outra calcinha usada da minha irma e fui direto pra linha do trem. Foram 3 dias de carnaval que passei dentro da linha do trem dando o rabo quase que a noite toda. As pessoas passavam pelo buraco da linha do trem pra nao pagarem passagem , então era comum ter vendedores de cerveja e biscoitos passando por ali e eu fazia a festa. Eu dei o carnaval todo e de la pra cá eu descobri que amo me montar de CDzinha pra dar o rabo. anos que me monto de CDzinha QUE SAUDADE daqueles 4 carinhas que me arrombaram na linha do trem.

Tags: publico, carnaval, chorando, grosso, rola grossa


Comentar