Paraiso Swing Cams
Online agora
JasmineAshaa Fashionmature izabella_Nolimit TamaraGrey PR3CIOUS69 BriaCooper ShofiaWett AmmyStyles SandraHormass BellaColeman EvaMoony MiaBellaTS Deepika_Lea AnngelaWhite Sassily
Ver todos os modelos
Erótico
30 de abr de 2022


O conto não é nosso é de terceiros

Primeira experiência de Tatiane

Meu nome é Lauro e minha esposa se chama Tatiane,eu tenho 1,75 moreno claro , magro,com um pau de 15cm, ela é loira 1,58, bucetinha rosinha e peitinhos médios também rosados com um bumbum branquinho grande e apetitoso.

Somos casados a 8 anos e temos 1 filho.

A mais ou menos 4 anos começamos a mudar nossa rotina sexual e começamos a falar de fantasias e ver vídeos de putaria na internet, eu sempre assisti estes vídeos, mesmo depois de casado, porém ela não tinha este hábito antes desta fase de nossas vidas.

No começo ela começou a pedir para ver filmes mais leves com sexo apenas entre um homem e uma mulher, depois conforme foi perdendo a vergonha ,começou a apreciar vídeos mais quentes principalmente que envolviam sexo amador grupal geralmente onde haviam mais homens que mulheres.

Começamos a ver muito vídeos também de casais em casas de Swing ,principalmente onde as mulheres estavam brincando naquele buracos chamados glory holes. Os vídeos e conversas aumentaram muito nosso apetite sexual, e dobramos o número de vezes em que fazíamos sexo durante a semana.

Tatiane começou a ficar mais safada na cama e enquanto transávamos gostava de fantasiar que era uma putinha, as vezes falava “”vai, come está esposinha que você encontrou na casa de Swing”” ,ou””vai mete rápido porque ainda tem uma fila de homens querendo me comer atrás de você”” ou ,””eu sou uma putinha do Tinder e fico o dia inteiro no aplicativo procurando alguém para dar”” e outras várias coisas que a deixavam bem excitada e eu também rsrs. Fazíamos isto com muita frequência em várias das vezes que transávamos .

Devido ao meu trabalho, sempre estou viajando e uma vez tive que ir a Curitiba para visitar um cliente, fui na segunda e durante a semana combinei de Tatiane vir no final de semana para curtimos um tempo nesta cidade incrível.

Durante a semana tive a ideia de tentar visitar uma casa de Swing com Tatiane durante a sua estadia,fiquei procurando na internet e decidi que seria na Vênus Club, depois disto era só convencer minha esposa a ir comigo no local.

Durante o restante da semana fiquei instigando Tatiane falando que estava doido para comer minha putinha em Curitiba ,que meu pau não podia pensar nela que já ficava duro e assim fui aquecendo a situação até o final de semana.

Tatiane chegou na sexta no início da tarde, larguei o serviço depois do almoço e fui buscá-la no aeroporto. Levei ela direto para o Hotel e lá chegando começamos a nos beijar e quando vi já estava chupando sua boceta e ela delirando na minha boca. Perguntei para ela se gostaria de ser minha putinha aquele final de semana e ela prontamente disse que SIM! Pedi para vermos um vídeo pornô e escolhi alguns de casais em casa de Swing, vi que ela ficou bem excitada vendo os vídeos. Perguntei se ela teria coragem de conhecer uma casa de Swing em Curitiba e aproveitar que não conhecíamos ninguém e ela demorou um pouco a responder e falou que achava que sim.Não perdi tempo e mostrei a que tinha escolhido durante a semana e ela achou a casa interessante e aceitou curtir esta experiência .Fui para cima dela e meti forte falando que ela ia ser a putinha do Swing e bombei até ela gozar.Resolvemos conhecer a casa naquela sexta mesmo, Tatiane vestiu uma sainha preta com uma calcinha minúscula com uma blusa verde com um decote bem generoso, eu fui de calça jeans e blusa polo. Chegamos na casa e uma mulher nos apresentou os ambientes rapidamente e percebi que Tatiane ficou impressionada com tudo ,tinha salas de glory hole, dark Room , salas privativas e quartos em que era possível ver as pessoas transarem , quartos comsexo grupal etc.. . No final da visita a mulher nos deixou numa área do primeiro andar onde tinha uma área de boate e um scoth bar. Sentamos em uma mesa e bebemos umas cervejas. Vi que haviam muitas mulheres gostosas e sensuais no local e algumas já começavam a dançar nuns pole dances que tinham na pista é isto me deixou com o pau igual uma pedra. Tatiane me pediu para subirmos para o segundo andar, fomos primeiro para a parte dos solteiros e vimos que estava bem mais cheio que quando foi nos apresentado.Passamos por uns quartos onde conseguia se ver algumas pessoas transando e paramos para ver um pouco, mais para frente havia um quarto com uma cama bem grande acho que para sexo grupal onde tinha uma mulher de quatro chupando um homem que parecia ser seu marido e em volta um monte de homens se masturbando e tocando nela e outro homem metendo na buceta dela com outros homens atrás formando uma fila.

Ficamos encostados na parede observando a cena eu atrás e Tatiane na minha frente. Vi que Tatiane ficou extasiada com a cena e não tirava os olhos de tudo que estava acontecendo. Começou a entrar muitos homens e eu com receio pedi para sairmos e ela hipnotizada pediu para esperarmos mais um pouco, ela começou a rebolar no meu pau e quando passei minha mão por debaixo da sua saia ela estava tão molhada que estava escorrendo pela sua perna, ao invés de prestar atenção na mulher que estava sendo currada fiquei tentando ver aonde a Tatiane estava olhando, percebi que além da mulher ela olhava muito para as rolas dos caras que estavam batendo punheta, principalmente na de um moreno que tinha uma cabeça do pau que parecia uma pêra de tão grande e desproporcional ao restante da piroca

comecei a dedilhar seu grelinho por baixo da calcinha e ela começou a rebolar mais forte na minha rola olhando as picas em sua volta.

Neste momento com uma certa distância 2 caras já estavam se masturbando olhando para o decote e para minha mão esfregando sua boceta que devido ela estar com uma saia curta já dava para ver suas lindas coxas e com certeza as vezes aparecia até sua xana. Vi que as vezes Tati rapidamente cruzava os olhos com o moreno da rola cabeçuda e estava sempre admirando sua ferramenta, o mesmo percebeu e veio se masturbar ao nosso lado , Tatiane ficou em êxtase com aquela situação e esfregava forte sua buceta na minha mão de forma alucinada, nisto alguns caras começaram a tentar passar as mãos nela e eu ela nos assustamos e eu tirei as mãos dos mesmos e acabou que perdemos um pouco do clima e saímos da sala.

Quando saímos ela me abraçou e falou “nossa, nunca pensei que iria presenciar umas cenas assim,estou até sem fôlego” e pediu para irmos lá para baixo onde era meio uma balada para bebermos alguma coisa.

Chegando lá em baixo, rolava um show de stripper no meio de uma roda de mesas e cadeiras, no scoth bar pedi uma dose de uísque e a Tati pediu um drink , ficamos em pé abraçados assistindo aos shows, eu já estava estava super excitado e Tati já estava começando a se animar novamente , estava acabando um striptease de duas garotas bem gostosas e logo depois começou um stripper de um cara vestido de cowboy, ele começou a dançar tirando a roupa perto das mesas até ficar só de cueca, as mulheres ficavam gritando e passando a mão nele enquanto ele passava perto das mesas e cadeiras , teve uma hora que ele ficou nu de pau

duro e algumas mulheres levantavam da mesa para pegar no pau dele, via que a maioria eram casadas e estavam com os maridos, Tati via tudo e já começava a ficar assanhadinha, acabou os shows e o ambiente voltou a virar uma balada novamente, de repente ,duas mulheres e dois homens vieram para a pista para dançar nos pole dances, os homens estavam de cueca e as mulheres de lingerie,eles eram os mesmos que fizeram o striptease, vários homens e mulheres estavam passando a mão nos strippers enquanto dançavam . Tati me perguntou, “Amor, olha que gostosas, quer ir lá passar a mão nelas?”, perguntei se ela não ficaria com ciúmes e ela disse que naquela noite ela iria deixar, deixei ela próximo a uma mesa com poucas pessoas perto e fui lá no meio dos outros homens alisar a bunda perfeita de uma morena , ela era tão gostosa que até mulher ia lá tirar uma casquinha , apertei a bunda as coxas , passei a mão na buceta enquanto ela dançava e voltei para minha esposa bem excitado quando cheguei lá Tati me perguntou, “gostou de aproveitar da morena né seu safado?” e eu disse “já que você deixou não iria perder a oportunidade”

Ela me chamou para a pista e dançamos juntos com meu pau igual uma pedra , num momento ela chega no meu ouvido e diz, “ lindo deixa eu dar uma apertadinha também no stripper?” Eu assustei , mas depois que ela tinha me liberado a ir lá na stripper não tive como negar e deixei , logo depois que autorizei ela puxou minha mão e foi até perto de um stripper em um pole dance , o cara era loiro e forte e dava para perceber que estava com o pau duro, ela soltou minha mão e foi lá no meio da mulherada aproveitar do stripper, eu fiquei observando, ela conseguiu chegar perto e passava as mãos nas coxas , barriga e bunda dele , até que um momento o próprio stripper pegou a mão dela e colocou no seu pau, ela segurou e mesmo depois que ele soltou sua mão e ficou segurando mais um pouco,algum tempo depois ela veio até mim falando “ nós somos doidos né e riu” , começou um sertanejo ,ficamos dançando juntos e beijando.

Fomos para o scoth bar e pegamos mais umas doses e ficamos bebendo em pé e vendo o movimento, já tinham casadas nos pole dances dançando com as strippers e recebendo passadas de mãos dos homens abaixo enquanto vários casais dançavam se esfregando na pista, dançamos mais um pouco e pedi para Tati para darmos uma voltinha, ela aceitou e subimos para o segundo andar novamente, ficamos vendo um tempo algumas pessoas transando num quarto que tinha uma janela grande de vidro quando percebo que Tati viu moreno da cabeça do pau avantajada passando por nós e para na frente de uma porta, não passou 1 minuto ela me falou, “Lauro vamos andar mais um pouco “”e me puxou pela mão ate perto do moreno, ele estava ao lado de uma sala chamada darkroom ,ela falou comigo, “ vamos entrar aqui para ver como é”falei ok e entramos, eu coloquei Tatiane na minha frente para protegê-la e percebi que o moreno veio atrás da gente , passamos por duas cortinas e logo após passarmos pela segunda cortina levei ela para o canto da parede de forma a proteger seu corpo. Paramos uns 3 passos depois da segunda cortina, Tati na parede de frente para mim e eu meio que protegendo ela das pessoas lá de dentro.

Não dava para ver nada!Ouvíamos do fundo as vozes de algumas mulheres e de vários homens, ouvíamos gemidos, gritos, barulho de pau comendo buceta, tapas , patrulho de bocas chupando, deu para perceber também que o moreno que veio atrás da gente parou ao lado de nós e tudo aquilo nos deixou bem excitados , Tati começou a passar a mão no meu pau e me beijar, passei a mão na sua buceta e ela estava super molhada, ela beijou meu pescoço e falou” vou te dar um presentinho” e começou a baixar a cabeça se abaixou , eu já entendendo o que ela queria fazer ,já fui botando minha rola para fora e ela começou a mamar bem gostoso no meio da escuridão, mesmo eu estando recebendo um boquete delicioso a situação de não enxergar nada me deixava preocupado, algumas pessoas passavam perto encostando em mim e eu meio que limitando elas e cercando a Tati, deu para perceber que o moreno estava se masturbando ao nosso lado .Uma hora ela se levantou ,me beijou e falou “me fode “ se virando e empinando a bunda para mim, levantei sua saia, coloquei sua minúscula calcinha para o lado e meti meu pau, ela deu uma gemida, encostou suas costas no meu peito e falou mais perto do meu rosto “fode sua putinha do Swing “ e voltou a empinar a bunda e colocou as mãos na parede, aquela situação me deixou doido e comecei a bombar nela e ela a gemer mais , com o tempo o olho estava acostumando um pouco com o escuro e quando alguém passava pela segunda cortina era possível ver o vulto do moreno se masturbando e já tentando passar a mão na minha esposa , eu estava lá metendo e pelo tesão que eu estava e sabendo do interesse dela por aquele moreno deixei ele ficar passando a mão e se masturbando perto , em um momento ela encostou as contas no meu peito novamente e falou “To adorando está putaria, deixa eu pegar no pau deste cara aqui do lado, deixa ? “ no tesao que estava só disse “deixo” ela voltou com as mãos para a parede porém mais perto do moreno , segundos depois percebi muitos movimentos deles ali, Tati já devia estar pegando naquele pau cabeçudo e era percebível que ele já passava a mão por tdo corpo dela bem mais intensamente , ela estava super excitada e rebolava muito forte no meu pau já escorada totalmente no moreno abaixando cada vez mais seu corpo , em certo momento ela começou a gozar forte no meu pau e quando tirei as mãos da cintura dela para pegar seu cabelo percebi que o moreno já estava segurando sua cabeça e fazendo movimentos em direção a seu pau , aquilo me deixou doido e comecei a bombar muito forte na buceta dela , outros homens que já estavam perto começaram a tentar também a passar a mão nela e comecei a ficar preocupado em não conseguir controlar mais a situação , Tati ainda estava excitada rebolando forte em mim, parecendo que estava gostando de ser abusada.

Como perdi o controle ,comi ela por uns 3 minutos sem saber aonde e quantos estavam passando a mão nela, ela rebolava e gemia muito , depois gozei forte na sua buceta.

Depois de gozar , abaixei sua saia e coloquei minhas mãos em seus ombros e braços para puxa-lá para trás e ir embora, quando tentei puxar parecia que ela estava chupando o moreno e masturbando outro homem próximo a ela totalmente em êxtase, com mais medo da situação falei” Tati, vamos embora” abracei ela por trás empurrando algumas pessoas ,girei ela e fui em direção à porta colocando ela em minha frente, quando saímos ela estava com a roupa toda remexida e os cabelos todos embaraçados, as pessoas lá fora que viram agente saindo nos olhavam como se ela tivesse dado para 20 caras lá dentro e depois saiu daquele jeito. Sem falar nada, caminhamos em direção ao scoth bar e Tati entrou num banheiro para ajeitar um pouco seu cabelo e roupas. Quando chegamos lá em baixo, tinha bem menas pessoas, parecia que a maioria das pessoas estavam lá em cima , tomamos outras doses e batemos um papo, evitei de falar sobre o que ocorreu lá em cima naquele momento mas nos nossos olhares e nas feições dos nossos rostos denunciavam que só pensávamos naquilo que acabara de ocorrer. Chamei-a novamente para subir mas desta vez na área de casais, demos uma passadinha em vários ambientes mas o que realmente nos chamou a atenção foram as cabines de glory hole que dividiam parede com a área de solteiros. Eram umas 8 cabines uma ao lado da outra. Todas as cabinas tinhas uns furos nas 3 paredes, 3 furos frontais que se comunicavam com a área de solteiros e as outras paredes laterais também tinham 3 furos cada uma, quando passamos por lá na primeira vez ,todas as cabines estavam sendo usadas e dava para ouvir muitos gemidos vindos lá de dentro, na segunda vez que passamos por lá tinha duas portas abertas, entramos em uma e fechamos a porta, olhamos na parede frontal e tinha dois homens que estavam olhando para nós, olhamos nos buracos de uma parede lateral e tinha uma mulata novinha e magrinha chupando uma rola na parede da frente enquanto um rapaz branco e gordinho se masturbava olhando ela, olhamos na outra parede lateral e tinha dois casais transando, eram duas mulheres loiras com um corpo bem sarado se apoiando com as mãos na parede da porta enquanto dois homens comiam elas por trás. Ficamos um tempo alternando olhando o que rolava nas paredes laterais até que passei a mão na buceta de Tatiane enquanto ela olhava a dupla de casais transar e ela já estava com a buceta bem molhada.

Comecei a beijar seu pescoço e depois nos beijamos , ela me levantou abriu minha calça e começou a chupar meu pau, deixei ela chupar um tempo , levantei ela e comecei a beijar ela passando a mão em todo seu corpo, ela me falou”tá gostando da sua putinha do Swing”e eu falei “sim” e depois perguntei “me conta o que a putinha do Swing aprontou lá no darkroom e eu não vi ? Ela respondeu “ sua putinha foi abusada ,mamou muito e pegou em outras pirocas” depois destas palavras virei ela de costas e meti forte na sua buceta com ela encostada na parede onde estava a dupla de casais, eu fiquei comendo ela e ela olhando no buraco , de repente ela me chamou, “lindo, olha aqui” e eu fui lá olhar, uma das loiras estava com a bunda perto dos buracos e chupando os dois homens enquanto a outra chupava outra rola na parede da frente , Tati fala “ Lau, vai, pega a bunda desta putinha aí” coloquei minha mão no buraco e fiquei alisando as pernas da loura, como ela não se mostrou contrária, fui subindo minha mão até chegar na bunda e na buceta e lá fiquei um pouco aproveitando aquele corpo gostoso, Tati ficava me olhando e olhando dentro do outro buraco na mesma parede, em um momento a loira se virou e apoio-se na parede que tinha os buracos que nos separavam, olhei pelo buraco e consegui ver bem o seu rosto , era uma loira bem bonita que aparentava ter menos que 30 anos, um dos dois homens socava forte a rola nela e ela gemia gostoso, coloquei novamente a mão no buraco com intenção de pegar seus belos seios, comecei a passar a mão nos seu braço e como ela foi permitindo cheguei aos seus lindos seios, fiquei um pouco ali e enquanto isto Tati ficava olhando os buracos das paredes ,os 2 solteiros da frente ficavam esticando os braços no buraco tentando passar a mão na Tati e falando” vem cá loirinha” pelos braços dava para ver que os dois eram negros , tirei meu braço do buraco e olhei novamente para o rosto da Loira, ela me viu e falou “oi,quer uma chupada?” eu disse “sim” ela falou “ então coloca um preservativo e coloca seu pau aqui” levantei e fui lá falar com Tati da proposta e ela falou “ vai lá e bota está putinha para mamar sua rola” coloquei um preservativo que ganhamos na entrada e coloquei meu pau para a Loira chupar, ela pegou nele por um tempo e depois começou a mamar , Tati ficou no buraco ao lado vendo a loira sendo comida e chupando minha rola, uma hora ela se levantou e ficou me beijando e falou “ Amor, estou com muito tesão, quero virar uma putinha aqui dentro, você deixa??respondi “ pode mas não quero que libere a buceta para ninguém “ ela respondeu “ótimo ,combinado” e foi em direção a parede que estava os dois negros, ficamos lá, eu recebendo uma chupada numa parede e Ela sendo tocada por dois homens na outra , vi que o outro homem do outro casal que estava na cabine que a loira estava me chupando colocou sua rola no buraco ao lado já com camisinha, quando Tati viu ela se soltou das mãos dos solteiros e veio até perto pegar e depois chupar a rola do lado que era uma rola média branca e rosada, ficamos um pouco assim, ela chupando e eu sendo chupado e quando olhei para a parede dos solteiros tinha duas rolas pretas nos buracos, uma média e outra enorme, Tati viu, parou de chupar o cara se levantou e disse “agora você vai ver sua putinha mamar num pau preto” falei para ela pedir para eles colocarem camisinha e ela falou “ não, to querendo sentir cheiro de pau na minha cara” e foi para aquela parede direto na rola maior, pegou nela, passou na bunda e rebolou e depois se abaixou e começou a mamar descontrolada aquela rola que mau entrava na sua boca, e depois começou a chupar e pegar na outra rola preta do lado. Com poucos segundos vendo aquela cena, não aguentei e gozei na boca da loira, tirei a camisinha e fui lá dar atenção a minha esposa, ela chupava a rola e olhava para mim, me abaixei e comecei a acariciar sua bunda e seus seios, em um momento ela se levantou para chupar a outra rola mas desta vez ficou com a bunda empinada, com uma mão ela apoiava segurando em buraco onde estava a rola maior e com o negro esfregando a rola na sua mão e com a outra ela pegava e chupava a outra rola, eu me ajoelhei e fui chupar sua buceta, estava muito molhada e ela começou a rebolar na minha cara pois adora uma chupada, ela se levantou novamente e me falou “ agora quero que você foda forte minha buceta senão vou acabar dando para um destes negros e foi para o lado da rola maior e lá se concentrou em chupa-lá, meti com toda minha força na sua buceta e ela falava “ come está putinha boqueteira” “não falei que iria vir ar putinha nesta cabine” “ joga leitinho na boquinha da loirinha negão” e rebolava alucinada no meu pau, cuspi na minha mão e comecei a comer ela com um dedão do seu cú, sei que quando está muito excitada ela adora isto, o outro negro colocou o braço no buraco e ficou passando a mão em seus seios, ela estava fora de controle, falava cada vez mais alto, “come sua boqueteira vai!” “ que piroca gostosa de chupar” “joga leitinho na minha boquinha vai” e em um momento ela olhou para trás e falou “ arromba o rabo desta puta loira vai, mete no meu cú enquanto sua esposa chupa pau!” Nossa, nunca pensei que ela iria se soltar tanto, comecei a colocar o pau na sua bunda, minha rola estava bem molhada devido sua buceta ,depois que entrou comecei a meter massageando seu grelo, nunca meti tão forte no rabo dela,ela estava muito excitada e não parava de falar putarias, “vai negão , me dá leitinho “ “soca no meu rabo!” “Da pinto para esta loirinha puta “ até que o solteiro não aguentou e gozou na boca e na cara dela ; ela gemia “isto, me enche de porra” e em poucos segundos depois gozou no meu pau de forma extasiada fazendo eu arregaçar seu cú, eu também, assistindo tudo aquilo não consegui segurar e enchi seu rabo de porra, levantamos e ela limpou seu corpo com as toalhas de papel e o álcool que tinham na cabine, pagamos a conta e voltamos para o hotel,até hoje tem vezes que transamos pensando no que aconteceu , geralmente de 1 a 2 vezes por ano fazemos uma coisa diferente para apimentar nosso casamento, nossa cumplicidade aumentou e não temos vergonha de falar nossos desejos mesmo que tenhamos colocado um limite para realização dos mesmos, se gostou vote no nosso conto , estamos ansiosos pra ouvir comentários e contar mais aventuras.

Tags: publico


Comentários