Erótico
6 de mar de 2020


A mãe da minha amiga

Olá meus amores ! Tudo bem com vocês ?

O que vou contar aqui aconteceu cerca de 3 semanas. Vamos lá...

Tenho uma amiga que se chama Daiane , ela é super gostosa e linda, cabelos longos e lisos, corpo malhado, rostinho perfeito, lábios carnudos e uma cara de safada.

Daiane e eu nos conhecemos a 4 anos no trabalho, desde então somos bastante amigos. No início da amizade já nos beijamos, mais nada além disso, pois ela tem namorado e na hora do vamos ver sempre dava pra trás.

Sempre frequentei a casa de Daiane que mora com a mãe, atualmente divorciada e solteira. Dona Carla é uma coroa muito simpática, gostosa demais, cabelo ruivo, bunda e peito avantajados, e adorar manter a forma, parece mais irmã do que mãe da Daiane.

Carla smp me elogiou bastante, falando que sou simpático, bonito ,tenho cara de quem sabe tratar uma mulher, e que se fosse mais jovem já teria me pegado. Eu retribuo falando que ela é uma mulher muito gostosa, que dar de 10 a 0 em muitas novinhas por aí, que meu sonho é comer uma coroa desse jeito .

Sempre levamos na brincadeira mas no fundo sabemos que na primeira oportunidade iremos nos pegar.

Ela nunca teve vergonha de mim, smp andou de roupinha curta, baby Doll, de toalha, pra me provocar.

Um dia sua filha Daiane me chamou para ir no barzinho com uma galera , topei na hora e fomos, chegando lá , bebemos, dançamos ,rimos muito. Dancei com Daiane agarradinho que seu namorado olhou com uma cara de ódio pra mim, parecia que ele viu minha pica dura sarrando na xoxota de sua namorada, já Daiane sentiu e adorou e puxou ainda mais meu corpo contra o seu.

Papo vai , papo vem, falei que iria embora pois estava cansado tinha trabalhado até tarde e queria descansar.

Daiane insistiu pra mim ficar , mas eu disse que não, então ela falou pra mim dormir na casa dela que era mais próximo e avisar sua mãe que chegaria só na parte da manhã do dia seguinte.

Falei que tudo bem, porque sua casa era perto do bar pra mim ficaria ótimo, não precisaria andar tanto.

Me despedi da galera e fui me embora, chegando na casa de Daiane por volta de 23:30 toquei a campanhia e lá vem Carla me atender sem entender nada. Ficou surpresa ao me ver , expliquei pra ela que sua filha deixou eu dormir lá hj e que ela pediu pra avisar que chegaria no dia seguinte. Ela disse que tudo bem e brincou perguntando se eu estava me aguentando, revidei falando que aguentava até ela ,ela riu e me convidou pra entrar já com olhar de malícia, entrei e ela falou que poderia dormir junto com ela na cama , respondi imediatamente que adoraria e, rimos.

Logo depois ela falou que pegaria uma toalha e pra mim ir indo pro banheiro que levaria lá depois, obecedi e fui para o banheiro, tirei minha roupa e entrei debaixo do chuveiro. Quando estou me ensaboando escuto o barulho da porta e um suspiro, olho pra trás e vejo Carla me observando, virei pra ela pois estava de frente para a parede e ela na hora disse "nooooooossa o que que é isso meu Deus ? " ao ver minha pica ensaboada. Ela ficou impressionada com o tamanho da disse que nunca tinha visto igual antes, que era um exagero, imaginou que eu tinha uma rola grande mas nem tanto, que vivia me secando quando eu ficava de cueca, mas não tinha noção de tanto tamanho.

Eu falei pra ela - Já que ela é um exagero vem me ajudar a lavar

Ela deixou a toalha cair ,tirou seu babydool e venho pra debaixo do chuveiro comigo, vi aquela visão maravilhosa de seus peitos fartos e sua buceta com apenas uma linha de pelo , "tão extraordinária" eu pensei.

Começamos a nos beijar mas ela não perdeu tempo logo abaixou e começou fazer um boquete espetacular, sugava a cabeça do meu pau com força, passava língua no meu saco, enquanto eu pegava na sua cabeça pressionando contra minha piroca, quase que ela se engasga, pois tinha água e babá de pica na boca.

Levantei ela e coloquei com a mão espalmada na parede e quando ia fuder aquela buceta molhada ela falou "Paraaaa"

Olhei pra ela e ela disse que não fode sem camisinha assim de primeira, falei que tudo bem, saimos do banheiro e fomos para seu quarto, peguei a camisinha na minha carteira e ela fez o favor de tomar da minha mão e colocar em mim com a boca ,achei aquilo MT excitante meu pau ficou ainda mais duro.

Empurrei Carla na cama e prendi suas duas mãos,fui beijando seu pescoço, chupando seus peitos e desci até sua buceta que a essa hora piscava pedindo rola. Comecei fazer um oral naquela buceta, passando a língua naquele grelo, naquela buceta carnuda, a cada linguada Carla gemia e se contorcia, chegou uma hora que passei a língua bem no seu ponto G por 10 minutos e ela começou se tremer e gozar em minha boca. Escorria pela minha boca aquele líquido quente e ela gemia muito , muito mesmo. Começou gritar "Vem meu negão, vem foder essa buceta logo que quer levar rola "

Logo subi e enfiei minha pica naquela buceta encharcada, comecei um vai e vem com força , dava cada socada que ela gritava , arranhava minhas costas , suava feito louca, eu mordia seu pescoço com vontade, nuca tinha comido uma coroa tão quente desse jeito.

Ela anunciou que ia gozar mais e começou soltar aquele jato forte contra minha pica que tentava se manter dentro da sua buceta, mas era empurrada com a pressão de sua buceta.

Ela jáa estava bem cansada,falou que não fodia a muito tempo e que não estava aguentando mais , pediu pra mim gozar logo.

Vi que ela estava bem satisfeita mas realmente estava exausta, então coloquei ela de quatro e comecei socar nela por trás, enquanto meu pau estava na sua buceta , meu dedo estava dentro do seu cu. Ela olhou pra trás assustada e falou "Nem pensar, hoje não" , então dei um sorriso e dei uma línguada naquele cu que automaticamente piscou pra mim.

Falei pra ela - Amanhã com certeza esse cu vai ser meu..

E voltei socar na buceta dela , e ela gritando , já não se aguentava mais , gritava pra mim gozar e até que então falei que iria gozar.

Ela se virou tirando minha camisinha e colocou meu pau todo na boca, qnd sentiu a gozada na boca começou gozar comigo novamente, se tremendo como eu.

Saia porra do meu pau e escorria pela sua boca, mas ela sugou tudo até o fim e em seguida caiu na cama, e falou " Fazia tempo que não tomava leite quente na boca assim"

E eu respondi que ela era a coroa mais safada que eu já comi.

Fomos tomar banho e dormimos agarradinho

Espero que tenham gostado desse meu conto

Amo vocês

Aguarde a continuação ..

Tags: publico


Comentários