Swinging
29 de dez de 2019


Festa em família sabe como é, não é? Final de ano, matar a saudade... E foi nesses encontros familiares que fizemos o que tínhamos desejo à algum tempo. Vieram os familiares da minha mulher passar o Natal em casa, primo, esposa e filhos. Curtimos à noite toda conversamos, bebemos e dançamos. Como a casa não é grande uns foram pra casa de outros parentes à alguns quarteirões. Em nossa casa ficaram o primo, esposa e os 2 filhos pequenos. Então fomos dormir conversando e todos pra lá de Bagdá, bêbados e descarados. Começamos do nada falar de sexo tirando sarro dos primos da minha esposa que tinham duas crianças com 9 meses e meio de diferença. Brincávamos falando que nem a quarentena tinham esperado de tanto fogo. Então o primo falou do nada que iria começar a comer o cú da mulher dele, pois não engravida e então ela falou: "O tanto que você goza escorre até nas coxas e pé". Ficou aquele silêncio e o primo falou: "Não tenho culpa, você não deixa enfiar tudo". Novamente o silêncio e ali então cessou o papo e fomos dormir, confesso que fiquei de pau duro. No dia seguinte levantamos e vimos que a esposa do primo havia saído pois o carro dele estava com o pneu murcho. Eu sempre tive fotos minha e de minha esposa fazendo sexo, então peguei o celular e deixei em fácil acesso. Tirei foto de onde estava furado o pneu e apaguei as páginas recém abertas e deixei o celular no banco do carro, fui preparar um café e quando voltei fui olhar as páginas recém abertas e lá estava as fotos da buceta e cuzinho levando pau. Eu tinha varias fotos até em dp na minha esposa com vibrador. Trocamos o pneu e fomos no mercado comprar cerveja e o primo da minha mulher, começou a dizer que tinha vontade de aventuras que tem uma vizinha que já deu pra ele e seu amigo que são vizinhos. Na hora entendi o rumo da conversa e perguntei se ele é a mulher dele falavam muita bobeira na hora da cama e então me disse que ela tem a fantasia de transar em lugar público e perguntou pra mim das minhas fantasias e da minha mulher. Então disse sem nenhuma censura que era fazer uma dp, mas essas coisas são complicadas porque tem que ser alguém de confiança. Ele nem disfarçou que ficou louco com o comentário e então me pediu desculpas e disse que tinha visto umas fotos sem querer em meu celular e que com certeza ela aguentaria uma dp. Chegamos em casa e minha mulher estava de saia tecido leve e uma baita de uma bunda. A esposa dele estava na casa de parentes ainda e então passei roçando ela com meu pau e ela brigou comigo e pediu que respeitasse o primo. Então ele sorriu e disse: "Eu também faço isso, é gostoso pra apimentar a relação". Ela riu e disse: "Eita turminha pra gosta daquilo e então cortei e falei: ele me disse que eles gostam tanto que querem fazer para os outros verem". Ela falou: " Nossa! Aí é gostoso! Desculpa viu fulano e ele disse que nada é bom demais e se tiver mais gente melhor ainda". Ela olhou pra mim e sorriu! Quase que me disse: " Você contou pra ele?" Então logo disse! Contei pra ele da nossa fantasia e então paramos nos olhamos, fui atrás dela e beijei seu pescoço e ela segurou minha mão e disse: "ele é meu primo!" Então Eu disse: "Melhor ainda que ele não vai contar". Então apertei a bunda dela e levantei a saia. Quando olhei para trás o primo da minha esposa, tirou o pau pra fora e fiquei com vergonha do meu, o dele era bem maior e um pouco mais grosso. Pedi pra ele ir lá fora e estacionar o carro na outra esquina pra ninguém saber que estávamos lá. Ele correu uma maratona de 100km/h e voltou, fechei o portão e fomos entrando, quando entramos minha esposa estava só de sutiã e passando cuspe no clitóris. Ele foi até ela e passou cuspe no dele também e foi tentando empurrar e empurrou bem devagar, estou me gozando só de escrever. Então ele começou a empurrar no cu e ela disse: "Não! É muito grande, deixa ele lacear e me chamou". Fui igual um louco, a buceta dela escorria de tanto tesão, eu enfiava no cuzinho e ela me lavava. Então fomos pro quarto e ele deitou na cama de pau pra cima e ela sentou com a buceta melada, fiquei olhando e logo fui enfiar no cuzinho dela e então ela urrou bem alto e logo tapou a boca. Eu dava umas estocadas bem fortes e gozei bem rápido e então fiquei olhando, ele tirou da buceta e enfiou no cuzinho dela, o pau dele quase abria o rabo dela ao meio e então ele disse pra ela ficar de quatro e então ele começou as estocadas fortes e eu olhando e pensando. "Já era o cuzinho dela e então ele gozou e ela começou a expulsar o gozo e parecia uma lata de leite condensado, não parava mais de sair gozo e então me animei fiquei de pau duro de novo e ela disse: "Não! Chega! E eu disse: "Ah! Agora aguenta! Meti a rola bem gostoso de novo e gozei como nunca." Enchi o cuzinho dela de porra de novo. Nos limpamos e saímos pra casa dos parentes na maior cara larga, mas, levamos cervejas e ficou tudo certo. Minha mulher disse: " Foi muito gostoso, nunca senti coisa igual mas agora não tô sentindo meu cuzinho nem minha buceta".


Comentários