Swinging
14 de jul de 2019


De fato, tivemos algumas experiências. Iniciamos um envolvimento no swing em 2005, devido a traição dele com uma mulher. Ai surgiu o assunto e começamos a frequentar uma casa de swing, conhecida com Tom e Katia aqui em Fortaleza. A nossa frequência era de mais ou menos de 15 em 15 dias, mas levou-se muito tempo para realizarmos troca nesta casa. Sempre praticamos sexo entre nós, após alguns amassos com os outros casais, participando das brincadeiras da Casa. Antes da primeira troca, eu cheguei a chupar um solteiro que sempre tive muito afeto, mas nunca experimentei a ferramenta dele. Meu marido achou maravilhosa esta minha atitude. A primeira troca aconteceu no momento em que eu estava com tesão e recebemos o convite para interagirmos com um casal que estavam na sala coletiva. Eu montei do marido da mulher e meu marido passou a penetrar a mulher com ela de quatro.

Eu, ele, acho que a melhor transa foi no nosso aniversário de casamento, quando eu convidei alguns casais sem o conhecimento dela para irmos a um motel que possuía uma bela suíte com dois quatros, piscina, sauna e outras facilidades. Além de nós, havia mais quatro casais. Iniciamos as brincadeiras com jogo de cartas, sem nenhuma regara, mas quem perdia devia pagar uma prenda e esta devia ser paga pelas esposas e quem ganhava devia vestir as calcinhas sou sutians na frente dos demais. Depois de muitas rodadas no jogo e da distribuição do estoque de calcinhas e sutians fomo todos para uma das suítes, começando a brincadeira cada marido com sua esposa. As trocas aconteceram naturalmente e cada mulher gozou com cada um dos homens. Eu fui o último a transar com minha, a sua abertura estava bem alargada e deliciosa.


Comentários