Paraiso Swing Cams
Online agora
AlondraWoolf ana_levi10 BellaHillss DalilaMile yourfucktoyy AhsleyGatees ScarlettFuckTS FreshLovieJones AlayahRouse AryKerry KittyHoss PandoraPosh DixiPixi AiraFoster EmiilieEvans
Ver todos os modelos
Encontros
22 de set de 2023


Bom, nesse relato eu vou me abrir e contar como tudo começou comigo, como foi ter tido umas das experiências mais agradáveis que é ter um relacionamento com um ksal.

Em 2006 eu estava fazendo faculdade de administração e consegui um estágio no Ministério do Esporte, então eu me virava nos trinta entre a faculdade e o trabalho, e nas horas vagas eu entrava na Net, e foi aí o começo de tudo.

Antigamente tinha um chat de bate papo no UOL , e lá rolava muita coisa, eu nem imaginava, nunca cheguei a cogitar que houvesse ou o que existisse swing, ménage, etc ..

Desde mais novo eu sempre fui bem pra frente kk, como um vez em que eu sentei na mesa e na minha frente estavam um ksal tomando cerveja e conversando, eu comecei a flertar com a esposa, ela correspondeu e sem o marido entreguei uma mensagem escrita num pedaço de papel e quando ela se levantou pra ir no banheiro ( tudo combinado por olhares), eu fui junto e entramos no banheiro das mulheres juntos e nos beijamos feito doidos, ela pegou no meu pau e eu coloquei o dedo dentro da bucetinha dela, começaram a bater na porta e saímos juntos, todos ficaram olhando, só que eu fui pra um lado e ela pra outro, enfim essa é outra história, tenho várias, até carreira de marido eu levei kkk, e da vez que eu namorei com uma tenente da PM de Brasília e ela casada com um médico, enfim, isso é história pra outro dia, até pq se eu for contar meus casos kk, acreditem dá um livro,mais retornando pra 2006.

Então eu ficava o horário de almoço ali nas salas de bate papo, e a gente entrava com um NICK, só que eu nunca falava que era casado kkk, malandro nessa época kk. Acontece que um dia entrou um Nick CASALXCASAL, cara eu achei aquele Nick intrigante, diferente, e quiz saber do se tratava, cliquei e mandei um oi, desenvolvi uma conversa, e não acreditei no que eu estava lendo, nem nas minhas maiores fantasias eu cheguei imaginar um casal fazendo troca com outro e tudo ali na frente um do outro, e nessa época não existia esse papo de swing como hj que até uma criança de 3 anos sabe .

Aquele papo ficou dias na minha mente, e parece que quando a gente sabe de tudo é como se estivesse saindo de uma MATRIX ou mais ou menos isso, e foi quando eu tive que ir com outro colega de serviço entregar uns folders de uma campanha nova , eu ouvi na sala da chefia a chefe e uma amiga, conversando que naquele final de semana anterior, em uma casa no lago sul, ela estava transando com outro e o marido assistindo, doido batendo uma, e que eles iriam fazer uma festa e a amiga com o marido estavam convidados, daquele momento eu entendi realmente que existia swing, ménage .

Depois de um bom tempo, tive coragem e falei com minha esposa sobre o que eu ouvia nas salas , e minha esposa logo disse que se acontecesse isso era uma loucura, como um marido entrega a esposa pra outro e assiste, e quando eu falei que casais trocavam esposas e maridos, ela logo disse: eu não troco vc com ninguém nunca, isso é demais pra minha cabeça kk. E eu comecei a buscar mais sobre o assunto, foi quando eu descobri o site do swing Brasília, antigamente lá tinha o chat de bate papo aberto, e tinha vários casais, e eu entrei com o Nick de KsadoCurioso, não demorou muito, e um ksal falou comigo, e depois de dias conversando com aquele casal, programamos um encontro pra um swing, e advinhem, tava tudo certo, só não com minha esposa, eu não falei um A com ela e foi ai a derrota, o grande erro, resumindo, quando minha esposa viu o que estava acontecendo, correu pra dentro do carro, começou a chorar, o que poderia ser um encontro foi um desastre e nunca mais eu vi esse casal, fiquei meses sem falar direito com minha esposa, e achei até que a gente ia nos separar.

Comecei a colocar anúncios e cheguei a sair com alguns casais, como minha esposa trabalhava o dia todo e meu serviço (plantão 12x36) facilitava pra houvesse esses encontros, mais foi em 2016 que depois de ter colocado um anúncio no site do Vivalocal, num domingo, entra em contato comigo um casal no qual eu iria viver um relacionamento.

Eles totalmente inexperientes , eu com algumas, desenvolvemos um papo, eles mostraram fotos, e daquele dia em diante foi uma série kk, ficávamos conversando muito, e imaginando como seria, mas faltava ainda coragem pra eles, ficamos nesse passo por um bom tempo, foi quando tomamos coragem e marcamos um encontro, seria num sábado, mais a esposa não estava preparada e acabou que não deu certo, não desisti deles, e continuamos, marcamos a segunda vez, no dia eu já estava a caminho quando eles entram em contato comigo e mais uma vez não deu, kkk, a esposa ficou com medo, td bem, eu retornei , eles me pediram desculpas e ficamos conversando mais um tempo, marcamos uma terceira vez, na entrada da Candangolândia, de novo levei um bolo, kk, dessa vez eu fiquei um pouco chateado pq eu já havia saído, se eles tivessem me falado antes tava de boa, demorou mais uns dois meses, e o marido me chamou pra encontrar com eles, e dessa vez deu certo, marcamos ali na passarela do shopping do Valparaíso, eles entraram no meu carro e fomos pro motel AME MAIS, quando entramos conversarmos um pouco e eles começaram a se beijar , eu cheguei por trás, e enquanto o marido beijava ela , eu ia descendo com a língua pela nuca, costas, mordi de leve a bunda, coloquei a calcinha dela de lado e comecei a chupar, o marido virou ela pra mim e mandou que eu chupasse bem gostoso a esposa dele, eu chupei feito um louco aquele grelinho, fomos pra cama, e o sarro rolou, e então eu fiquei de lado e comecei a passar a cabeça da minha pica na entrada da bucetinha da esposa dele, e esfregava no grelinho, e descia, esfregando na portinha da buceta, o marido dizia pra usar camisinha, mais a vontade da gente foi tão grande que quando eu esfreguei no grelinho e desceu pra entrada da bucetinha, a cabeça da minha pica escorregou pra dentro e começamos a fuder feito doidos, pra terminar pois ficou muito grande esse relato, foi o primeiro de muitos encontros que eu tive com esse ksal, até o dia em que eles me fizeram a proposta de ser namorado deles, tbm fica pra um próximo relato, espero que gostem, pois é tudo 100% verídico.


Comentar