Paraiso Swing Cams
Online agora
CarlaBrowns April_Stone EmilyGrayy CynthiaDolly SofiMontiell KatelinEvanss Laura_Ruth Scout KellyPerfection AnyRhodes Abbie_Collins FloraFauy DalilaQueen EvaJonnesSexy SanndyyRose
Ver todos os modelos

Escrito por Anônimo

Encontros
8 de abr de 2024


Iniciando a esposa.

Olá, somos casados a 18 anos e a seguir iremos contar a história da nossa primeira aventura no meio liberal.

Minha mulher é baixinha gostosa, bunda grande e coxas grossas, cabelo cacheado, uma bela mulher, corpo em forma mesmo sendo mãe de dois filhos.

Há muito tempo atrás criei um grupo no WhatsApp para tratar de assuntos pessoais nossos, sempre tive a tara em ver ela com outro mas pelo fato de ela ser bem reservada, sempre se opunha em relação a isso.

A partir daí comecei a estimular ela indiretamente, no nosso grupo particular do What´s comecei enviar contos eróticos, alguns vídeos de homens dotados negros e falava para ela se imaginar com um daqueles.

No início ela ficava meia retraída e tímida, geralmente a mulher se espanta um pouco quando o parceiro a estimula a imaginar outro a comendo.

Depois de um bom tempo, sempre estimulando ela com vídeos, fotos e contos eróticos, ela começou a se soltar mais e começou a entrar na brincadeira.

Após esses estímulos nosso sexo ficou mais quente, na hora do tesão pedia para ela imaginar os negros dos vídeos que enviava comendo-a, tratando-a igual uma cachorra na cama, ela ficava com um tesão imenso e gozava intensamente....

Comecei a aumentar gradativamente os estímulos, pedindo para ela usar roupas mais curtas ao sair de casa, e ela respondeu prontamente de forma positiva, as idas no mercado ficaram mais interessante, pois ela ia com shorts bem curto bem enfiadinho na bunda aparecendo toda a popinha, passava na frente de alguns homens para se exibir, no estacionamento fazia questão de subir mais o shorts para a bunda ficar mais a mostra...

E na hora que chegávamos em casa transavamos como loucos sedentos de tesão lembrando das cenas e eu sempre registrava com fotos tudo, nossas conversar no grupo do What´s ficaram mais intensas em relação as fantasias, ela descrevia como queria ser comida por determinados homens sempre negros dotados, ela é baixinha, mas gosta de rola preta e grande....

Sempre dizia que queria se fudida por um negrão bem dotado e eu como bom marido com tesão em vela assim sempre dizia que iria arrumar um pra ela e ela concordava com a buceta babando.

Sempre usávamos uns brinquedinhos na hora do sexo e pedia pra ela fantasiava dizendo “olha amor seu amigo negão me comendo, vai deixá-lo fuder sua esposinha?”

Eu sempre estimulava mais a cada dia que se passava...

Comia o cuzinho dela e esfregando o consolo na sua buceta e perguntando se ela ia deixar o negão esfregar o pau na buceta dela enquanto eu comia se cuzinho, nessas horas ela delirava de tesão rebolando com meu pau atolado no cuzinho e dizia que ia deixar ele esfregar muito, e depois que estivesse bem melada ia pedir para o negão enfiar tudo na buceta dela, nessa hora ela pegava o consolo que por sinal tem um tamanho equivalente a de um negro dotado uns 22 centímetros e com suas próprias mãos enfia ele na buceta bem devagar até entrar tudo.

Sempre dizendo olha amor agora você está vendo sua cachorra sendo arrombada pelo negão enquanto você come meu cuzinho, mete na sua cachorra mete, enquanto o negão come minha buceta, nesses momentos nosso tesão ia as alturas, nos fazendo gozar intensamente......

Como já estávamos mais abertos a tudo isso e ela depois de muita conversa se sentia mais segura em relação as nossas fantasias, criei um perfil em uma rede social liberal D4SWING, no início não disse a ela, mas depois de um período pedi para ela logar no site e olhar.

Lá postamos fotos que tiramos em nossos exibicionismos e um monte de gavião “singles” sempre curtiam e comentavam, entravamos nos perfis de alguns que nos chamavam a atenção e olhando as fotos a noite fantasiávamos com alguns deles.

Falamos pelo site com muitos dos singles e troquei contato com alguns, como ela tinha uma safadeza aflorando e um tesão sem limites, fizemos algumas vídeos chamadas com alguns dos singles que ela escolhia, sempre negros e dotados, nas vídeos chamadas ela se exibia para eles, e transamos algumas vezes para eles verem ela sendo fodida, nos vídeos ela pedia para os singles virem comer ela que ela queria muito sentir o pau deles dentro dela....

Isso por um determinado período se tornou frequente, até que um dia resolvi ir mais além e realizar a fantasia dela definitivamente.

Como já conversávamos com um single negro e dotado do jeito que ela queria á um bom tempo, sempre falávamos pelo What’s onde trocávamos fotos vídeos e ela o provocava demais, ele sempre dizendo que quando chegasse o dia ia arrombar a buceta dela e isso fazia ela ficar com mais tesão e provocava mais ele...

Marcamos algumas vezes, mas sempre acontecia algum imprevisto de ambas as partes e acabávamos não conseguindo se ver.

Porem o esperado grande dia chegou e conseguimos marcar em um local meio termo para ambos por morarmos distantes....

Chegamos no local combinado primeiro que o single e ficamos esperando dentro do carro em um posto de gasolina, passados uns 15 minutos o single chegou e encostou o carro ao lado do nosso, ela estava em um mix de tesão e nervosismos por ser o primeiro encontro...

Quem está no meio liberal sabe que nada é obrigado, eu disse que se ela não se sentisse confortável ou não rolasse afinidade, seria normal, conversaríamos e marcaríamos para outra ocasião, que já esperou um longo período pode esperar mais alguns dias....

Após uma breve conversa, ambos em seus carros ele pediu para segui-lo até um local mais tranquilo ali próximo de onde nos encontramos....

A partir daí tudo aconteceu de uma maneira intensa.....

Ao pararmos no local escolhido pelo single, um lugar bem tranquilo com pouca iluminação uma região com muitas fabricas e galpões próximo ao rodoanel e da rodovia Airton Senna, quem mora na zona leste, e norte de São Paulo conhece sabe mais ou menos aonde fica....

Descemos do carro e começamos a conversar do lado de fora, ela de vestidinho curto ainda com um pouco de timidez, começamos a conversar coisas aleatórias, e ela ficou mais tranquila....

Iniciamos a conversa do que realmente nos interessava, nessa hora ela encostada em mim, levantei o vestido dela para o single ver o tamanho da sua bunda....

Ele ficou louco quando viu, ele já foi ao encontro preparado, shorts estilo de jogador de futebol bem levinho e sem cueca.

Quando levantei o vestido dela e ele viu o tamanho da sua bunda arregalou os olhos e o pau preto que ela tanto esperava deu um salto por baixo do shots.

Ele começou alisar a bunda dela que engolia aquela calcinha minúscula preta que colocou somente para a ocasião, ali mesmo encostados no carro no meio da rua, pedi para ele colocar o pau para fora para ela ver.

Quando ele colocou o pau preto e grande para fora ela arregalou os olhos e respirou fundo e disse meu Deus....

Nessa hora tenho certeza que a buceta dela ficou babada, fato que confirmei logo em seguida, mandei ela pegar no pau dele, ele se aproximou mais dela e ela pegou no pau dele e começou a acariciar ali mesmo no escurinho enquanto ele passava a mão em sua buceta por cima da calcinha, ela encostada com a bunda em mim de frente pra ele, nessa hora veio um veículo, entrou em uma casa próxima, aí paramos as caricias.

Nos recompomos e saímos do local ela foi com ele no carro dele na frente e eu fui seguindo, ela disse que quando entrou no carro ele colocou o pau para fora a fez pegar no pau dele enquanto dirigia bateu uma punheta pra ele, fomos uns 50 metros mais adiante, paramos em frente a uma fábrica que parecia estar desativada bem escura e com estacionamento em frente.

Ele parou na frente com ela no passageiro e eu parei logo atras, nesse momento olhando de dentro do carro para eles vi ele colocando-a para chupar seu pau.

Desci do meu carro e me aproximei da janela do carro dele e me deparei com uma cena muito excitante, minha esposa estava chupando o negrão e ela com as pernas bem arreganhada e ele passando a mão na buceta dela e a outra pegando em seus peitos, aquilo me deu um tesão enorme, meu pau explodindo dentro da calça.

Pedi para ele abaixar o vidro do motorista, dei a volta parei ao lado da porta dele e comecei a filmar minha esposa chupando o pau dele enquanto ele enfiava os dedos na buceta dela....

Depois de ela chupar bastante ele, ela desceu do carro e ele pulou para o banco do passageiro, tirou a bermuda e colocou uma camisinha no pau, ela ao meu lado e eu passei a mão na buceta dela e estava muito melada de tesão, falei que era a hora de ser comida por um negão, que o momento chegou e ela consentiu com a cabeça num sinal positivo.

Ele já com a camisinha no pau e com ele super duro depois de ser chupado por ela, parecia que tinha dobrado de tamanho, sentado no banco pediu para ela levantar o vestido e sentar no colo dele.

Ela como uma boa e safada esposa obedeceu, subiu em cima dele e foi sentando bem devagar naquele mastro negro que parecia não ter fim, dava a impressão que a qualquer momento o pau dele ia sair pela boca dela de tão grande.

Ela sentou no colo dele e começou a meter com bastante vontade, ele levantou todo o vestido dela e enquanto ela subia e descia no pau dele, ele chupava seus peitos com bastante vontade...

Ele é um single estilo dominador, que gosta de fazer suas presas de submissas, ela já estava toda entregue a ele naquele momento, subindo e descendo no pau preto que ela tanto queria, ele bombado bem fundo nela e ambos gemendo bastante, ela sentada no colo dele metendo forte e ele começou a dar tapas na bunda dela e ela ficou com mais tesão e gemia igual a uma louca...

Eu sempre de perto filmando, fotografando o momento e estimulando ela a meter mais, afinal ela queria e eu também sempre quis ver ela sendo arrombada por um negro dotado.

Passados alguns longos minutos com ela em cima dele subindo e descendo na rola do negão, ele pediu para ela descer, ela de pronto atendeu, ele colou ela de quatro fora do carro com as mãos apoiadas no banco, empinou a bunda dela e enfiou a rola preta bem fundo nela, ela gemia igual uma putinha recebendo aquilo tudo dentro da sua buceta.

Ele metia forte, depois alternava as bombadas, agarrou no cabelo dela e meteu por vários minutos com força na buceta dela e ela gemia e consentia com tudo que ele pedia.

Ela gemendo igual louca pedindo pra ele meter forte nela e ele respondia a altura fudendo a buceta dela e dando vários tapas na bunda dela agarrado em seu cabelo...

Mandou-a sentar no banco e ficar de frente pra ele, a posição que ela mais adora.

Assim que ela ficou na posição que o negro dotado pediu, de frente para ele e toda arreganhada, ele chupou sua buceta com vontade, logo em seguida esfregou aquele pauzão em toda a extensão da sua buceta, o olhar dela para ele sentido o Pau preto roçar na sua buceta era de êxtase, ele foi enfiando aquela rola dentro dela bem devagar enquanto ela sentia o pau entrar gemia bem gostoso.

O negro começou a dar umas estocadas bem forte na buceta dela enquanto ela delirava de prazer, ficaram assim por vários minutos, ele a dominando e ela como uma cachorra bem obediente, fazendo tudo o que ele pedia.

Após muito foder ela naquela posição, ele pediu para ela ajoelhar na sua frente, ela atendeu de imediato, ele arrancou a camisinha e fez ela chupar aquele pau preto todinho, ela colocava cada centímetro dentro de sua boa com bastante prazer, eu filmando e tirando fotos para deixar este momento registrado.

Em certo momento me aproximei mais e ela pediu para que eu colocasse o pau para fora das calças, e em uma cena de filme, começou a engolir os dois paus, revezando entre o meu e o negro dotado, depois de um período chupando os dois, ela parou de chupar e se levanto.

Em seguida o negro colocou novamente outra camisinha, virou ela de costas para o carro novamente deixou a bunda dela bem empinada e começou a come-la novamente, cada metida com força que ele dava nela era um gemido que ela soltava, ele metia com força e depois intercalava com bombadas mais suaves.

Em determinado momento ele a agarrou pelos cabelos e manteve um ritmo frenético de foda que a deixava nas pontas dos pés, segurando em seu cabelo e a fodendo com força dando tapas em sua bunda, que ela até chegou a pedir para ele gozar de tanto que ele a comia de uma forma bem voraz.

Logo em seguida, depois do negro ter comido minha esposa como uma cachorra treinada a obedecer a seu dono, ele anunciou que ia gozar, fez ela empinar bem a bunda em sua direção e deu vários jatos de porra grossa em cima de sua bunda, ele pediu para que eu tirasse uma foto para registrar o momento e assim o fiz, tirei a foto dela com a bunda toda gozado pelo negro que ela sempre quis que a fudesse como uma cadela.

Passados alguns minutos, ela se limpou, se recompomos, conversamos por um determinado período e marcamos para a próxima vez mas que seja em um motel, já que no primeiro Dogging dela ele a fez de submissa.

No carro a caminho de casa, perguntei se ela havia gostado, ela consentiu e disse que sim, e que iriamos marcar novamente, como disse acima em um motel, pois quero vê-la sendo comida com mais vontade do que foi na rua, quero entregar ela para ele e dizer faça com ela o que você quiser e deixar que ele use seu dote e claro sua imaginação para deixá-la totalmente realizada e matar a sua sede por uma rola Preta.

Quando chagamos em casa, pude ver o quando ela adorou, sua buceta estava toda vermelha de tanta rola preta que recebeu, ficou bem vermelha e um pouco inchada, sinal que o negro dotado fez bem o que prometeu, e eu como um bom marido, tive que chupar aquela buceta maravilhosa, uns beijinhos para se recuperar logo e receber novamente a rola preta que ela adora, transamos loucamente o tesão exalando da pele dela, ela gozou novamente claro pensando no negro que a deixou toda arrombadinha, tomamos um belo banho e depois fomos descansar.

Esse foi nosso primeiro conto, em breve postarei o segundo encontro com o negro dotado e os outros que surgirem...

Tags: casal, grosso, esposa feliz, Comedor, Dogging


Comentários