Grupos
10 de ago de 2020


Olá meus queridos, volto aqui para contar mais uma de minhas safadezas.

Tudo aconteceu mais exatamente no dia 21 de dezembro de 2019. Nesse dia seria a festa de fim de ano da empresa e como eu já estava de saída da empresa seria a minha última festa com o pessoal de lá, então já fui determinada a aprontar e dar muito. Meu maridinho como sempre me deu total apoio e disse que me esperaria chegar bem arrombada e meladinha.

No dia então me levantei, tomei um banho e me arrumei bem putinha com uma sainha curta rosa, uma calcinha bem minúscula branca e uma blusinha decotada branca também que deixava meus seios bem em evidência.

Ao chegar no sítio onde era a festa fui recebida logo pelo Eduardo (o advogado da empresa) que me cumprimentou um beijinho e me disse ao ouvido que eu estava bem gostosa como sempre. Entrei e fui cumprimentando a maioria das pessoas,conversando com algumas e claro dando uma atenção maior aos machos.

Fiquei sentada em uma mesa com algumas das garotas do escritório e obviamente nosso assunto também era safadezas e homens.

As horas foram passando e eu já alegrinha por causa das cervejas que tinha bebido, comecei a dançar com alguns rapazes que lógico se aproveitavam para tirar uma casquinha e se esfregar em mim. Um deles era o Lucas um rapaz que eu nunca tinha reparado muito, mas que era um verdadeiro tesão. Bem branquinho, alto, magro 22 anos. Em determinado momento deu para sentir que tinha um belo pau. Levada pelo tesão aceitei seu convite e saímos de canto um pouco. Fomos para um lugar bem afastado e quando chegamos nem esperamos nada, já começamos a nos beijar, alisar, logo já estava ajoelhada chupando aquela rola extremamente dura de uns 20 cm bem grossa e cheia de veias saltadas. Lucas gemia, segurava em meus cabelos quase que fodendo minha boca. Senti seu pau latejando e louco pra soltar porra, então me levantei e me colocando escorada em uma arvore só ergui um pouco a saia, afastei a um pouco a calcinha e senti aquele pau me penetrando. Lucas socava gostoso,beijando meu pescoço me chamando de safada que a muito tempo era a fim de me comer. Eu pedia mais e mais e falava pra ele me foder forte. Ele segurava em minha cintura e me puxava bem forte me fazendo sentir muito tesão. Não agüentei e acabei gozando gostoso ao mesmo tempo em que Lucas enchia minha buceta de porra quente. Ajeitei a calcinha e me virando ainda ficamos um tempo nos beijando, então resolvemos voltar para a festa.

Ao voltar fiquei conversando com algumas garotas e garotos, muitos começaram a ir embora e se despediam de mim. Quase no final da festa Eduardo chegou em mim e perguntou se eu não estava afim de continuar a festa em sua casa. Perguntei quem iria e ele me disse que alguns dos rapazes e que se eu quisesse poderia chamar outros e outras. Então fui até Lucas e fali com ele e também com Bruno( o estagiário novinho) que agora já ocupava um cargo melhor dentro da empresa. Além deles convidei uma das garotas que eu sabia ser bem safada e ela aceitou. Aline tinha 23 anos, morena clara, cabelos pretos, magra, mas com seios médios e durinhos, bundinha redondinha e apesar de noiva, bem safada mesmo, pois alguns que me comiam eu sabia que tinham comido ela, inclusive o Eduardo.

Pois bem, por volta de cinco e meia saímos de lá e nos encaminhamos para a casa de Eduardo. Quando chegamos lá já havia quatro amigos seus que estavam assando carne e com as coisas preparadas. Eduardo então apresentou Aline e eu aos seus amigos. O Edgar que tinha 42 anos, moreno claro, nada de especial, mas um cara bem atraente, o Marco um rapaz de 27 anos, negro alto, forte e com cara de safado, o Luiz 36 anos, moreno claro, meio gordinho, mas bem atraente também, além do Ivan do conto (Praticando dogging pela primeira vez).

Além deles quatro, estavam o Bruno e o Lucas que foram meus convidados junto com Aline, o Eric moreno, 34 anos, forte e muito bonito, o Ney, moreno claro 40 anos e o Paulo 45 anos moreno não muito bonito, mas bem safado que também era advogado na empresa, porém apesar de conhece lo nunca havíamos conversado muito. Resumindo, dez machos para a duas putinhas safadas.

Ficamos ali bebendo, conversando, dançando e eu louca de tesão pra dar muito.

Quando estávamos todos bem alegres e bem soltinhos, do nada comecei a dançar bem sensual com Aline que também estava bem safada e então ela começou a me beijar, apesar de estranhar um pouco sua atitude, me deixei levar e quando percebi já estávamos cercadas pelos machos que nos incentivavam e nos alisavam também.

Após muitos beijos e mãos por nossos corpos, nos ajoelhamos e várias rolas duras nos cercaram. Não perdi tempo e cai logo de boca nelas principalmente na do Eric que era a maior cerca de 23 cm grossa e deliciosa. Eu chupava uma a uma e Aline também, pois para onde olhávamos havia rola, que delícia aquilo tudo. Assim que chupamos muito todas elas, guiadas por Eduardo e Paulo nos colocamos de quatro no chão da sala mesmo e começamos a levar muita rola enquanto nos beijávamos. O primeiro que me fodeu foi o Ivan, seguido por bruno e Lucas, depois não consigo descrever tudo. Além de nos beijar, sempre havia uma ou duas rolas para chuparmos. Seguimos ali sendo fodidas de todas as formas e em todos os buracos, eu gemia,gritava e Aline também. Os rapazes nos xingavam, batiam em nossas bundas socavam sem dó principalmente no cú.

Eu já estava toda arrombada e molhada de suor e líquidos que escorriam de minha buceta por gozar muito e daquelas rolas todas. Então Edgar e Paulo puxaram Aline para seus lados e começaram a fazer uma deliciosa dp com ela. Eu vendo aquilo, praticamente implorei pelo mesmo e fui atendida por Eric eu comia minha buceta e Lucas que socava em meu cu gostoso. Gozei aos berros com eles me fodendo, Após eles fiz mais uma com o Ney e o Luiz em minha buceta e cu respectivamente.

A putaria já rolava fazia mais de uma hora e meia, então eles começaram anos encher de porra por todos os lugares possíveis. Em minha buceta gozaram Paulo e Eduardo, em meu cu o Lucas e fora no rosto que recebi do Ivan e do Bruno. Aline também ficou toda melada com a porra do Ney, do Luiz, do Eric, do Marco e do Edgar.

Quando conseguimos nos levantar, fomos tomar banho juntas onde Aline acabou chupando muito minha buceta e eu a dela. Voltamos, ficamos curtindo mais um pouco com eles e antes de irmos embora por volta de onze da noite, ainda chupamos todos eles engolimos a porra de todos nos beijando e nos melando todinhas.

Com todos eles nunca mais repeti isso, mas alguns deles eu transei outras vezes, principalmente o Lucas e o Eric, além de Aline que virou uma companheira de safadeza. Cheguei em casa e meu corninho só me beijou e eu o punhetei e fiz gozar, pois estava toda arrombada de tanto levar rola daqueles dez machos safados.

Espero que curtam mais esse conto e até o próximo. Obs: A última foto é de Aline


Comentários