Ficção
28 de nov de 2020


Bem o que dizer sobre mim, foi isso que pensei quando na sala da psicóloga ela pediu que eu descrevesse , pensei em dizer inúmeras coisas inusitada que havia vivenciado no decorrer da minha vida mas não , disse apenas o quanto era difícil decrescer-se a si mesmo

Mas vou tentar especificar a vocês agora de outra forma.

Meu nome, bem meu nome não importa agora o que importa mesmo é que hoje eu sou uma trans. , sim nasci um rapaz e hoje me identifiquei como uma garota e me sinto bem com isso , porem nem sempre foi assim

Houve uma época em que eu ainda era um rapaz e tinha facilidade em cativar belas garotas, já nessa época eu tinha já algo a esconder da sociedade e de todos a minha volta que pensava eu serem meus verdadeiros amigos.

Pois é, eu entre quatro paredes longe de todos escondido no meu quarto de frente ao espelho me deliciava em vestir roupas femininas e me ver , me dava prazer com aquilo depois com o tempo redescobri que o nome para isso era crossdresser

Me sentia bem com isso e as vezes sempre que dava quando a casa estava sozinha eu me montava e ficava a me apreciar em alguns momentos até chegava a me masturbar devido tamanha excitação

Aquilo mesmo sendo prazeroso eu via como algo momentâneo já que eu vivenciava uma vida hétero ficando com garotas tinha em minha mente que não passava de uma fase porem não encontrava coragem em compartilhar essas minhas aventuras solitárias com algum dos meus amigos,

onde já se viu, já imaginava o deboche que passaria com certeza iriam me chamar de viado bicha gay e outros nomes que por ai surgissem em suas mentes

Bem eu não achava também necessário compartilhar com eles esse meu lado já que eu cativando garotas com tanta facilidade não me via atraído por homens como um rapaz gay sente e sim sentia prazer em me ver como uma garota , isso pode parecer confuso mas existem uma grande diferença por quem você sente atração e como você sente , e nesta tamanha confusão e conflitos pessoas de personalidade que vivenciava eu recebi um convite de um rapaz em ficarmos achei que aquela seria a oportunidade para que eu soubesse de vez se eu era ou não gay e então em sua casa ficamos e lá naquele momento percebi que eu senti prazer com aquela situação , foi ótimo se sentir mulher havia uma realização ali naquele momento se florando ,aquela situação de se sentir desejada foi algo inesperado para mim e me senti confortável

Mas mesmo assim ainda tinha algo masculino dentro de mim e não sabia ao certo se aquele desejo reprimido que vinha dentro de mim quando uma garota passava era na verdade em sê-la ao em vez de deseja-la sexualmente , o fato é que o feminino me cativava cada vez mais e me atraia a fala , os gestos o sorriso a boca os cabelos até mesmo os movimentos involutórios me causava interesse

Com o tempo comecei a criar uma enorme obsessão cada vez mais por todos esses artifícios mágicos que apenas uma alma feminina possuía os trajes foram aumentando ,desejos por botas e maquiagens , era tudo sublime e vivencia essa dupla personalidade mesmo que entre quatro paredes me trazia conforto , afinal que mal tinha naquilo já que mal algum causaria a outros ,era um momento meu e só meu não precisava compartilhar com outros e isso tudo me fazia refletir se talvez eu fosse uma travesti reprimida como uma borboleta com medo de sair do seu casulo

Eis que me encontro em meu caminho uma bela garota muito sensual que conseguia prender os olhares de muitos rapazes por onde passava

Antes de cita-la queria ressaltar que apesar de ter uma grande facilidade em me relacionar com garotas e cativa-las ao ponto delas me desejarem como seu parceiro eu não podia me considerar um rapaz bom de cama , demorei para notar isso que me causou algumas frustrações porem não podia deixar de negar que por mais que elas adorassem estar em minha companhia eu quase sempre era chifrado com o tempo pude perceber que atraia como um imã sempre as mais promiscuas e perversas e é obvio eu não dava conta de toda essa luxuria e isso resultava em chifres atrás de chifres e com o passar dos tempos eu fingia não saber ,

Talvez ainda dentro de mim houvesse uma esperança em que conseguiria cativar uma delas e ser macho, mas não foi bem isso que aconteceu

Como disse quando conheci a tal garota espetacular em certo momento ela descobriu sobre uma de minhas gavetas secretas no meu guarda roupa onde eu escondia uma linda coleção de lingerie, calcinhas, meias finas e até alguns pequenos acessórios ,

ela quis saber do que se tratava aquilo logico , nenhum rapaz normal teria aquela coleção e minha resposta foi dizer que se tratava de minha coleção de peças das garotas com quem já havia ficado , ela ficou espantada e também se acalmou eram muitas peças talvez em sua mente ela devia estar pensando ,Minha nossa quantas garotas esse rapaz já ficou

De certa forma eu não havia mentido cem por cento, tinha mesmo algumas peças de garotas com quem havia ficado naquelas gavetas, mas a maioria eu tinha comprado em lojas e outras em brechós, mas aquilo a confortou e não brigamos e achei que estaria bem com aquela situação

Porém mesmo estando namorando ainda tinha aqueles desejos que parecia aumentar a cada dia como se fosse um desafio buscando cada vez mais querendo encontrar a mulher escondida dentro de mim

Depois que tive a tal relação com o rapaz meu amigo ficar se vendo no espelho já não era o suficiente precisava de algo a mais para me motivar e comecei a simular brincadeiras como frascos de desodorante fingindo uma penetração comecei a me masturbar de calcinha imaginando aquele dia e outras aventuras existentes apenas em minha mente e logo comecei a me penetrar com objetos

a sensação era prazerosa e não causava incomodo algum resolvi então ir a uma sexshop e adquiri um vibrador que guardei a sete chaves em um lugar que só eu teria acesso e usava-o sempre que dava no banho e em meu quarto

Após essa fase entrei em um momento de mais exposição e achei que seria interessante fazer um perfil fake em uma rede social e criar então um perfil de garota cd postei algumas fotos minha com o rosto escondido

e logo começou aparecer admiradores e pretendentes querendo sair comigo era um momento sublime e me excitava aquilo tudo me proporcionando bons orgasmo até ‘mais intenso de quando eu estava em meu quanto com a tal garota espetacular

Mas o que era para ser bom e apenas uma diversão acabou se tornando em uma tormenta no qual mudaria minha vida definitivamente , minha namorada a tal garota espetacular descobriu por mais descrição que eu tomava ela de alguma forma tinha um espirito de detetive apurado e foi algo escandaloso tentar explicar a ela que eu estava apenas brincando e que nunca tinha traído ,mas para ela só o fato de me ver vestida daquela forma foi uma falta grave

E a partir daquele dia ela começou a me trair, mas não como as outras de forma escondia ela não fazia questão alguma de esconder de ninguém inclusive dos meus amigos próximos que eu era um corno

Em nossa intimidade ou quando estamos a sós ela costumava me chamar de corninho , frouxo ,imprestável, inútil, e bichinha , aquilo me deu um certo incomodo no começo mas quando ela começou a relatar os homens com quem estava saindo suas aventuras e fazendo comparação de suas performance em relação a minha comecei a sentir um desejo por aquilo , não tinha mais o que esconder ela sabia meu segredo não quis terminar comigo , prometi a ela fazer todos seus caprichos com a condição dela jamais contar a alguém sobre as tal foto que ela tinha descoberto , ela concordou porem suas humilhações diárias aumentavam a cada dia e acho que com o tempo fui me acostumando ou descobrindo uma nova forma de prazer ,nosso sexo diminuiu drasticamente me restando a única condição de chupa-la quando ela bem intendesse e aquilo não era de todo mal na verdade eu sentia mais prazer e usar minha língua do que meu pênis nela

e as vezes quando ela me procurava sempre após uma de suas aventuras com machos que nunca saberia o nome ela me fazia lambe-la e provar o gosto do sexo que ali dentro dela ainda estava

—Aproveite meu corninho mariquinha ! dizia ela , pois esse é o máximo que vai chegar de minha buceta essa semana e talvez o mais próximo que irá chegar de um pau de um homem de verdade sei que você deve estar com água na boca com vontade chupar um então aproveita e sente o gosto que ele deixou aqui pra você

suas humilhações eram cada vez pior e de certa forma aquilo começou a me excitar e foi ela quem notou quando em um de seus relatos quando ela dizia o que tinha deito com um cara que havia conhecido a pouco tempo a forma como ela descrevia o pau o corpo do cara e o que ele havia feito com ela foi o suficiente para ficar excitado minha imaginação sempre foi fértil e ela notando aquilo se achou no direito de me humilhar mais e mais ,

Praticamente deixei de ser seu namorado e me tornei sua serva ela não só permitiu mas exigiu que eu me vestisse com as roupas de puta ,foi assim que ela disse , das peças que tinha em meu guarda roupa , para ela quando estávamos sós e sua casa e passei a fazer a faxina em sua casa era sua doméstica e comecei também a fazer serviço de pedicure nela a mão ela mesma fazia mas o pé cabia a mim fazer ,escovava seus lindos cabelos e fui me tornando quase aquele amigo gay realizando seu s caprichos e tratando-a como uma bela princesa não demorou muito e os nomes as quais eu a dirigia a ela eram minha deusa , princesa , rainha minha dona ,madame e todos outros que ela exigisse chama-la

—Você jamais será um homem de verdade um macho alfa que aprecia foder uma mulher como eu e jamais chegará aos pés de uma mulher de verdade também pois você não tem esse peito gostoso essa bunda gostosa essa buceta que os homens amam socar seus paus ,dizia ela apontando apara seu belíssimo corpo ostentando toda sorte que pode um Deus existente proporcionar a uma única pessoa

E aquilo me fazia ficar preso em seu discurso de humilhação que me fazia tornar mais e mais seu capacho , realmente não me via mais como um homem e nem conseguia me ver como uma mulher então cabia a mim se seu servo , e me satisfazia em vê-la satisfeita ,como ela mesma dizia eu não seria um cavalo nem uma égua de raça e sim um simples asno um ser hibrido nem mulher nem homem um andrógino, ou melhor uma sissy crossdresser ,submissa a seus desejos mais insanos , fui sua maid sua pet e ela desejava mais , queria uma slave toilet

entramos em uma fase onde a pedido de um de seus amantes que sabia da minha posição me conduziu a tomar hormônios femininos e isso fez como que minha pica já pequena não ficasse mais tão dura como antes e meus peitos começaram a crescer ,comecei a usar camisas mais folgadas em público para quem ninguém percebesse e a cada dia fui me tornando mais e mais feminina me depilei deixei meu s cabelos crescerem e depois de quase um ano

Alguns amigos já me olhavam estranho

—Nossa como você está diferente , diziam eles mas no fundo sabia que queria dizer como você está viado, a única coisa que impediam de dizer algo a mais era em saber que eu namorava a garota mais linda da turma que até as namoradas deles a invejavam e pra eles talvez era apenas algo eclético e excêntrico de mais para eles na época

Comecei a sair com alguns caras escondido dela também , depois que ela me fez chupar o pau de um de seus amantes que mais tarde descobria ser um dominador ,não achei problema em expor e usufruir de algo que a muito tempo vinha dentro de mim e que não fazia a tempos , tudo para suprir todos seus desejos e caprichos ,

O tempo foi se passando e minha androginia que antes confundia a todos já não era mais comecei de farto a me tornar mais e mais mulher e em alguns caso éramos confundidas como um casal de lésbica Ela achou que o melhor era terminarmos e concordei já que ambos havia feito parte da vida um do outro de forma tão magica , nossa amizade não acabaria jamais e mesmo quando ela se despediu de mim no aeroporto dois meses depois junto com seu novo namorado que eu por sinal já o conhecia indo a trabalho para a Alemanha

mantivemos contato por longos meses e ela já não me tratava como ele e sim como ela fiquei feliz de ser batizada por uma mulher tão espetacular e mesmo hoje sendo uma trans completa 24 horas me vejo como uma mulher trans bissexual ou quem sabe pan. , tocando minha flauta em algum bosque e a cada dia se tornando uma mulher espetacular , ou quem sabe encontre outra mulher espetacular que continue me adestrando naquelas boas aventuras de tarde

#contos eróticos

Histórias pecaminosas de uma mente perversa 2 : https://amzn.to/2VaBVJR


Comentar