Paraiso Swing Cams
Online agora
VickyLove SquirtNalia CelestteSweetTS NathalyDaniels indianauqa NikaGentle SofiiaMiiller LulaGreen NatashaAnder1 AnnHouston ParisRosee StacyRep KeikoMai KimberlyJone pinayslutmargo
Ver todos os modelos
Fato
12 de mar de 2024


Histórias anteriores da série: Minha experiência com 2 mulheres. (Parte 2)

Como todos os domingos eu ia em um forró com mais 2 amigos e sempre encontrávamos uns amigos e acabava que a mesa ficava lotada de homens, mulheres e muitas bebidas.

Em um destes dias um amigo acabou levando 3 mulheres para o forró, a filha novinha de 14 anos (nomes ficticio) Carolina que este amigo saia, eu acabei dando uns amassos nela, mas não chegamos a ter sexo, a mãe desta menina (Andreia) uma mulher mulata, recém separada, de um corpo maravilhoso e muito linda e a esposa do irmão da Andreia que chamarei de Taís, uma mulher branca toda gostosa, com dois belos seios enormes e com uma baita cara de puta. (Todos nomes ficticios).

Depois de muitas bebidas, muito forró a Taís começou a me mandar umas indiretas, só que eu estava louco por uma outra mulher que era linda, mas estava com 3 caras.

Eu não sabia que um dos caras já tinha ficado com a Taís e toda a hora ele vinha falar com ela, tirar para dançar e etc.

Até aí não tinha nenhum problema, até que é a Taís brigou com este cara e ficou perto de mim, nisto começamos a conversar, ela pedia para dançar forró comigo e eu sem nenhuma maldade com ela.

Até que o cara que brigou com ela veio me falar que a prima dele estava querendo me conhecer, falei com um amigo para me acompanhar, quando cheguei a menina já me agarrou e me deu jm puta beijo e mordeu meu lábio inferior, nisto os caras queriam me juntar pensando que eu tinha algo com a Taís, o cara com ciúme de mulher casada (que foda). O amigo que me acompanhou me tirou do lugar e voltamos para a mesa, eu com o labio inchado, cheio de dor e colocando gelo para parar de doer.

Nisto a Taís virá e fala se tivesse ficado comigo, não estaria com a boca machucada, aí falei se der 2 beijos melhora rápido, ela já me agarrou e começamos a nos beijar, acabamos indo embora o forró fechou e só ficamos nos amassos e passadas de mão.

Um tempo depois fui convidado para o aniversário da Carolina pela mãe dela a Andréia, chegando lá dei de cara com a Taís, conversamos um pouco e a Andreia chegou perto e disse, cuidado a Taís é casada e o marido está ai com o pai da Carolina e ele e policial, pensei beleza, vou ficar quietinho e vida de segue, na próxima oportunidade saio com ela, infelizmente era só o meu pensamento, Taís estava disposta a me agarrar de qualquer jeito, ela entrava na sala eu saia na cozinha, ela ia para a varanda eu ia para o portão, ficamos nesta de gato e rato quase que a noite inteira, até que eu entrando pela sala ela estava me esperando, me agarrou me jogou na parede e me deu um baita beijo, segurando meu pau por cima da calça, aqueles beijos de hoje vou fazer merda, eu falei tá doida seu marido está na casa e ele é policial, vamos marcar outra hora e saímos, ela me disse te quero agora, quando falei hoje não, ela saiu pela porta encontro o marido dela na minha frente me olhando, meu coração quase parou, a alma fugiu do corpo.

O cara só perguntou tudo bem garoto?

Eu respondi um tudo meio gaguejando e saí.

Na hora peguei minhas coisas e meti o pé da festa, antes que desse coisa pior.

Depois disto nunca mais quis encontrar a Taís, na época eu era muito jovem tinha apenas 17 anos, era tudo muito novo.

Este relato não teve nada de sexo, mas nem de vitórias vivemos, rsrsrrs.

Abraço e até a próxima

Nova história da série: Minha experiência com 2 mulheres. (Parte 2)

Tags: casada, safada