Fato
25 de jan de 2020


Aproveitando que meu marido foi trabalhar a noite eu sem pensar duas vezes pedi a ele que me deixasse na minha irmã para eu poder dormir lá com meus filhos, naquela época morria de medo de dormir sozinha.

Num segundo de loucura minha disse para minha irmã que minha amigas estavam reunidas na lanchonete do bairro e que me chamaram para ir ao encontro delas (mentira das grossas) ela estava em crise com o marido e dava graças a Deus por ficar com as crianças e disse ok, peguei um ônibus e parti em busca daquele pau grosso e perfeito que aguava minha boca e deixava minha buceta latejando só de imaginar ele dentro de mim...

Não tinha nada programado apenas fui, chegando em frente ao ponto onde o meu amigo/amante ficava lá estava ele, mesmo com a chuvinha fina caindo conversando com alguns colegas... Qndo desci do ônibus ele logo me vi e sem pensar duas vezes entendeu o recado, descemos separados porém para a mesma direção, a casa dele, ou o matadouro rsrsrs, tinha um cantinho bem escurinho propício para aquela rapidinha que era inviável, pq qndo a gente se encostava era impossível não rolar o sexo louco, era tocar um no outro o pau já estralava e a buceta já encharcava e naquele cantinho mesmo a gente se agarrou demos um longo beijo daqueles de perder o ar sabe??? Pois é foi desses e quando me dei conta já estava com a calça abaixada e gemendo já tinha gozado na pau dele e estava pedindo para ele me comer mais forte pq queria mais uma vez... Gozei mais uma vez e ele não aguentou encheu minha bucetinha apertada com aquela porra quente e aquele pau que já é grosso parecia que ia estourar minha bucetinha de tão maior que ficou... Nos vestimos e sentamos no abrigo como se nada tivesse acontecido, esperando o pai dele dormir para podermos entrar e dar mais uma no conforto da cama dele afinal de contas eu sou casada né e a família dele me via apenas como uma amiga rsrsrs e naquela noite eu entrei na casa dele e metemos mais uma vez e eu gozei mais duas vezes sentada naquele pau delicioso que me tira gemidos e me deixa de pernas bambas e depois de tanto gozar ele pegou a moto com um amigo e me levou embora pra casa da minha irmã que acreditava ou não que eu estava na lanchonete com minhas amigas... Tudo bem fui lanchar mais de forma diferente 😈🤫


Comentários