Escrito por Anônimo

Fato
4 de jan de 2021


Durante alguns anos trabalhei em uma maternidade aqui na minha cidade. Logo no início conheci uma técnica de enfermagem baixinha e com peitos enormes. Na época ela ainda era casada, mas isso não impediu que nos envolvessem os. A atração foi tão forte que certa vez fomos a um motel e enquanto eu a fodia o corno liga pro celular dela. Ela sofre muito para falar com ele enquanto fodo sua buceta. Ela inclusive interrompe a foda pra chupar o meu pau. Enquanto o corno continuava a encher o nosso saco, ela chupava meu pau tão forte que enchi sua boca de porra. Ela então deixa escapar "aí que gostoso". O marido perguntou o que era gostoso e a safada responde "o iogurte que tô tomando". Logo depois desse acontecimento, ela se divorciou dele. Logo após sair só cartório onde assinou o divórcio, ela me liga e pede pra ir ata casa de uma amiga. Chegando lá ela estava sozinha na casa. Falou que iria comemorar o divórcio dando o rabo pela primeira vez. Levantei o vestidinho que ela tava usando e comecei a chupar o cuzinho dela em pé mesmo. Depois fomos ao sofá e ela pediu pra enrabar ela de quatro. Ela antes lambuzou meu pau e o rabo dela com lubrificante. Fodi aquele rabinho enquanto ela gemia sem parar. Ela pediu pra gozar dentro do cuzinho dela. Gozei tão forte que meu pau chegou a doer. Depois disso ela sempre pedia pra foder seu cuzinho. Saudades dela.

Tags: casada


Comentar