Paraiso Swing Cams
Online agora
SophiiaSmiitth NathalyDaniels MaturePassion Lola_Nelson CelestteSweetTS HellyTheNice StarsBDSM DulceAcosta ChloeBlonde CassandraWhite mariann_love MiaSaing SOPHIACORTEZTS Alice_Jovovich InurDreamsTsAudrey
Ver todos os modelos
Fato
14 de jan de 2024


Histórias anteriores da série: Mulata gostosa

Como disse no conto anterior fui instrutor de auto escola por alguns anos e este relato foi de uma aluna que tive o prazer de sair com ela por 2 vezes, mas foram muitos anos após ela ter me dito que queria sair comigo, vamos ao relato:

Eu na época era instrutor prático/teórico, dava aula em uma auto escola do RJ, (não vou entrar em detalhes para preservar a identidade).

Tinha uma aluna que ela tinha uns 19/20 anos sendo que era noiva ela teve as aulas comigo na sala de aula e quando foi para a pratica ela escolheu o meu carro, eu não tinha nenhuma maldade com ela até porque ela era noiva e fazia aula junto com o cara, mas no carro era só eu e ela, mas mesmo assim a respeitava, poderia dar merda e eu acabar sendo demitido por assédio, as aulas rolaram normais eu sem fazer nenhuma investida e ela sem dar nenhuma brecha, mas no dia da prova prática que ela deu a letra, estava eu ela e outro aluno voltando para a auto escola, o cara dando várias e várias cantadas nela e ela sem graça só dizia que era noiva, fiel e que não tinha nenhum interesse em trair o namorado, este aluno desceu pelo caminho e assim que ele saiu do carro,

Eu disse: O maluco estava doido para te dar uns pegas.

E ela me respondeu de pronto: Com ele eu não quero, mas se fosse você eu aceitaria.

Eu indaguei: Porque você só me diz isto hoje, tivemos 10 aulas e você não deu uma brecha?

Ela falou: Achei que você não me queria.

Eu falei: Só não te cantei porque você é noiva e eu poderia me queimar, mas se eu soubesse teria investido com toda certeza.

Ela riu e falou vamos marcar algo, só que o meu telefone deu problema e eu perdi todos os contatos, aí comecei a procurar ela no Facebook, Instagram e não encontrava, até que um belo dia vi um comentário dela na página de uma amiga em comum, adicionei ela e mandei uma mensagem, ela de imediato me respondeu e começamos a conversar.

Passados algumas horas de conversa eu perguntei se ela ainda tinha interesse em sair comigo, ela respondeu se você me quiser, vamos marcar um encontro.

Vou confirmar o dia e te aviso, isto se não der problema com o seu casamento, ela me disse que estava separada e que iria fazer tudo o que estava com vontade desde que era minha aluna.

Marquei um dia, a encontrei e fomos direto para um Motel, chegando lá, começamos a nos pegar, sai arrancando a roupa dela igual um tarado, deixei a só de calcinha preta de renda, fiquei admirando aquele corpo maravilhoso com os seios pequenos mas muito bicudos, não perdi tempo cai de boca chupando-os com força e muita vontade, arranquei a calcinha dela fui lambendo a barriga, cheguei na bucetinah e já estava toda babada, quando encostei a língua no grelo dela, na hora ela urros de tesão, se contorceu na cama e gozou, não perdi tempo chupei com mais força e vontade, ela gozou mais 2 ou 3 vezes em questão de poucos segundos levantei as pernas e dei umas linguadas no cuzinho, neste momento ela perdeu totalmente o rumo, voltei para a buceta e ela já estava toda melada de novo.

Ela levantou, me jogou na cama e deu uma chupada que quase arrancou minha alma do corpo, eu estava contando carneiros para não gozar na boca dela, quando percebi ela já estava sentando no meu pau, gemendo e gozando, neste momento eu já estava explodindo, com o pau latejando de vontade de gozar, não aguentei e enchi a buceta dela de leite, ela caiu em cima de mim morta com a respiração ofegante, dizendo que se arrependeu de ter esperado tanto tempo para sair comigo.

Depois de alguns minutos, levantei tomei uma ducha, ela tomou a dela, quando ela voltou para a cama eu já cai chupando ela outra vez, ela ficou louca de novo, eu disse agora vou te fazer gemer gostoso, você só vai relaxar.

Comecei a chupar a bucetinha dela, virei ela de bruços, lambia da buceta até a nuca e voltava, quando chegava no cuzinho ela se empinava toda para facilitar a linguada, vendo isto resolvi dar uma atenção especial ao cuzinho dela, fiquei lambendo e esfregando a língua e ela rebolando e gemendo, até que ela falou que iria gozar com a minha língua no cu, de imediato enfiei dois dedos na buceta e ela começou a gritar, parecia uma sirene, foi uma loucura, quando ela terminou de gozar, coloquei a de 4 e comecei a enfiar o meu pau na bucetinha que a esta altura já estava toda encharcada, quando coloquei tudo ela deu duas reboladas, eu de imediato com a mão esquerda lacei o cabelo dela e com a direita comecei a bater na bunda, ela gemia, gozava e rebolava, não necessariamente nesta ordem, a bunda dela estava ficando toda marcada de tantos tapas, aí peguei o dedo e forcei no cuzinho, ela de imediato disse que nunca tinha dado, foi a senha para eu gozar, tirei da buceta e jorrei tudo em cima daquela bunda maravilhosa, tomamos banho, levei até perto da casa dela e fui para casa com a sensação de dever cumprido.

Que foda gostosa, uma foda que estava guardada há quase 8 anos, foi uma loucura, depois disto saímos mais 1 vez, só que o ex marido estava na cidade e ligava para ela de 10 em 10 minutos, se ele soubesse que ela estava comigo acho que ele iria ligar a cada 2 minutos, hahahaha

Espero que tenham gostado, só não pude ser mais detalhista para não comprometer a identidade dela, procuro prezar ao máximo o anonimato das minhas parceiras.

Obrigado por terem lido, aperte o gostei e deixe o seu comentário, até o próximo.

Nova história da série: Mulata gostosa

Tags: esposa corno, Comedor