Paraiso Swing Cams
Online agora
Katyaivanov_1 anthony__j EmmaMatture SAMANTHAflowerTS ZaraRuss LUCIANAQUEENTS Kylie_Pag kamilaTS AmaliaR ImYourSexDream DeniseCooper SteffieTramp SafiraFuracaoSS BriaCooper PamDare
Ver todos os modelos
Erótico
20 de nov de 2023


Fomos passar uns dias na praia, eu meu marido, somos casados a 35 anos, temos uma filha já resolvida que não mais acompanha a gente em nossas viagens.

Nós sempre fomos bem resolvidos sexualmente ele sempre viril eu muito fogosa, mas faltava uma apimentada na nossa relação e já havíamos vindo conversando sobre isto algum tempo.

Era um final de semana comum fomos pra praia, mês de maio fora da temporada. Alugamos um apartamento de frente pro mar, fora da temporada é mais barato, naquele final de semana o tempo não nos ajudou ficou nublado e resolvemos extender até terça feira.

Na segunda feira o tempo continuou ruim nublado, porém resolvemos caminhar pela orla da praia que estava praticamente vazia. Já havíamos caminhando uns 3 km quando começou a chuviscar, logo a frente havia um quiosque semi aberto, meia porta aberta mas com cobertura o suficiente pra nos abrigar.

Fomos até lá dar um tempo até que a chuva passar.

Chegando lá vimos que tinha um rapaz pelo lado de dentro do balcão bonito, barba cerrada bem feita de aproximadamente 40 anos com uma aliança grossa de casado no dedo e outro de uns 35 anos alto, forte mulato com poucos pelos pelo corpo e coxas grossas sem camisa estava terminando de descarregar sacos de cocos verdes, ou seja, abastecendo o quiosque, já achei muito interessante.

Meu marido percebeu meu olhar brilhar naqueles rapazes e só sorriu e piscou pra mim. O rapaz rapidamente ofereceu duas cadeiras pra gente.

Sentei de frente pro balcão de costas pro mar, eu estava somente de biquíni e tênis.

O rapaz do quiosque disse algo para o rapaz mulato que não ouvi e cresceram o olhos sobre mim mas ele já estava indo embora pois já havia feito toda entrega no local.

Perguntei se poderia me vender o coco verde gelado pois estava com muita sede. Meu marido disfarçou e pra me deixar mais vontade, disse que iria até o apartamento que estava sem dinheiro pra pagar.

Ele acabou de sair e eu entrei dentro do quiosque até o balcão pra pegar o coco e fiz questão de exibir meus seios grandes e fartos para o rapaz e ele se quer disfarçou em fixar os olhos em mim e logo percebi um volume grande por dentro de sua bermuda branca lisa tipo surfista.

Passei para dentro do balcão pra escolher um coco numa caixa térmica foi quando eu estava de costas propositalmente, ele segurou na minha cintura me encoxou e raspou aquela barba na minhas costas onde fiquei toda arrepiada, empinei minha bunda grande e senti aquele pau duro e grosso.

Virei de frente e lasquei um beijo de língua e o tesão que já aflorava foi a mil... Pedi que abaixasse a porta pra que ficarmos mais a vontade...

Ele me levantou pela frente com seus braços fortes me colocando sentada em cima de um freezer e foi me beijando minha barriga devagar até chegar na minha buceta depilada, afastou meu biquíni de lado e caiu de boca na minha buceta e esfregando a língua no meu grelo me levando a loucura, gozei duas vezes na sua boca.

Disse a ele " agora é minha vez..." Abaixei sua bermuda e caí de boca naquele pau grosso de cabeça grande e ele sempre dizendo " chupa gostoso minha puta" ... Isso me deixava com mais tesão, chupei até às bolas do saco, logo virei novamente de costas fiquei de quatro entre duas cadeiras abrindo um pouco as pernas.

Pedi pra colocar camisinha, ele colocou e roçou seu pinto por várias vezes no meu grelo me torturando e me contorcendo de tesão, em seguida colocou dois dedos na minha buceta fazendo movimentos vai vem, assim tirou lambeu os dedos.

Na sequência eu foi enterrando aquele caralho grosso e duro bem devagar e disse: "agora vou te dar o que você quer minha puta" isso me levava a loucura, as estocadas foram fortes e dava vontade de gritar, eu me segurava pra não fazer muito barulho e revirava os olhos de tesão, mas eu sempre pedia mais, ele urrava de tesão me segurando pela cintura dizendo: que bunda maravilhosa...

Ficamos molhados de suor... depois de várias enterradas até o fundo ele disse que não aguentava mais; Vou gozar!!! imediatamente pedi que gozasse em cima da minha bunda.

Foi quando tirou seu pau da minha buceta, arrancou a camisinha e logo senti um jato de porra quente e forte na minha costas e outros menores em cima da minha bunda, esfregou seu pinto melado em cima da minha bunda.

Se afastou de mim e me abaixei em sua frente e dei uma bela lambida naquela cabeça rosada e melada, ele tremeu de tesão e na sequência demos um longo beijo na boca de língua até babar, me disse cansado e baixinho no meu ouvido; "seu marido é um cara de sorte".

Peguei meu coco gelado, ele abriu a porta e pra minha surpresa meu marido estava do lado de fora ouvindo os gemidos. Continuamos a caminhar e eu com as costas e a bunda melada, ele me perguntou se foi bom... Só disse que foi bom demais... e a noite te conto os detalhes.

Só de contar está história já fico molhadinha....


Comentários