Paraiso Swing Cams
Online agora
OsoMalo1 EMI_LEE April_Stone20 PrincexCharmmingTS AdaraMiller BellaNeale LissaJamess VictoriaTS KateSweetLady Lolly_Popy EvaSpancer Marussia__Luxury MargotMilf MilfKathrina Pandorakar
Ver todos os modelos
Erótico
17 de fev de 2024


Gosto muito de frequentar sauna gay. Em um destes sábados, por volta de meio dia estava em uma sauna gay, onde me encontrei com um amigo que há muito não o via. Seu nome é Lucas (fictício). Só nos encontramos foi uma festa, pois como disse, há muito tempo não nos encontrávamos e após algumas cervejas, conversas e banhos, fomos para a cabine, onde nos pegamos. Como havia muita saudade, demos um longo beijo, o Lucas beija gostoso demais, tem uma língua grande e ele a enfia toda na minha boca. Depois fomos nos lambendo, chupando os peitinhos (adoro ser chupado). Após me assentei a beira da cama e pus o Lucas com aquele pau grande, grosso, duro e veiudo de frente pra mim, estrategicamente na altura da minha boca e comecei a chupar. Primeiro passando a língua em torno da cabeça, depois enfiei a cabeça toda na boca e depois engoli aquela vara todinha. Tirei da garganta e passei a chupar de vai e vem, até ele pedir para eu parar, pois senão iria gozar (adoro levar gozada na boca, sentir o pau latejando na boca, não tem preço).

Concordei com o Lucas e parei de chupa-lo e aí ele passou a me chupar. Logo pedi a ele para parar de chupar, pois do contrário iria gozar e eu não queira, pois tinha um plano, que era convidá-lo para ir pra minha casa, onde minha esposa Graça (nome fictício) me esperava.

Tomamos a última fornada, um banho e nos dirigimos para minha casa, onde lá chegando minha esposa já nos aguardava e como sempre muito receptiva, já havia preparado alguns petiscos e a cerveja estava geladinha.

Ela estava vestida com uma micro-saia que salientava toda sua formosura, com uma bunda grande, durinha e lisinha.

Ela conhecia o Lucas e sabia que eu era doido pra vê -las fodendo com ele e sabia que aquela era uma grande oportunidade. 'A mesa assentou-se de frente para mim e ao lado do Lucas. Após bebermos e comermos, levantei - me para ir ao banheiro e quando voltei o Lucas já estava de pau pra fora e a Graça ajoelhada mamando aquela jibóia. Que cena maravilhosa. Minha esposa chupando o pau que há pouco estava na minha boca. Para ser solidário ajoelhei ao seu lado e ela passou a por na minha boca a pistola do Lucas. Deixava eu mamar um pouquinho e depois mamava por mais tempo, até que ela levantou e pôs a buceta na boca do Lucas que passou a chupa-la, enquanto ela dava burros de prazer e gemia feito uma cadela no cio, até gozar na boca dele. Enquanto isso eu fiquei sozinho mamando o cacete do Lucas.

Ato contínuo fomos para o quarto, a esta altura todos totalmente pelados, eu em decúbito dorsal, com o pau duro, o Lucas passou a me chupar e a Graça, por saber que eu amo, passou a chupar meus peitinhos. Eu jurava de prazer em ser chupado e mamado ao mesmo tempo, que delícia.

Após isso, o Lucas ficou em pé, a beira da cama, com o pauzão, duro e eu, em agradecimento fiquei de quatro em cima da cama, para ele me foder. Como a Graça gosta de me ver sendo fodido, lubrificou meu cu e o cacete do Lucas e o direcionou, inicialmente fazendo algumas pinceladas e depois encostou aquele mastro na porta do meu cu e mandou ele enfiar. Aí, que delícia, senti aquele pau me arregaçando todo, mas o tesão era intenso e não sei se sentir dor, de tão gostoso estava sendo penetrado por aquele cacete. Após várias estocadas o Lucas anunciou que iria gozar, tirou seu cacete do meu cu, tirou a camisinha enquanto a Graça se posicionava para ganhar porra na cara. O Lucas gozou intensamente, como nunca eu tinha visto antes, jorrou porra pra caralho, que inundou a cara da Graça de porra, para depois eu lamber, enquanto eu a a Graça lambiamos a pau do Lucas para limpa-lo e neste momento, eu que estava batendo uma punheta gozei gostoso.

Após a meteção, fomos tomar banho e descansar, pois a noite estava nos esperando.


Comentários