Paraiso Swing Cams
Online agora
LunaHotty FuturaSwitch12 AmyParkers KazzuRouxs IvannaRoss charlotte_grey1 SheylaSpooner LittleMistress HalseyDiva Miaa_Whitee01 emmacruzz Allison_Vega stefanyblair1 SophiaMorrison MaturePassion
Ver todos os modelos

Escrito por Anônimo

Erótico
3 de dez de 2021


Minha namorada é do tipo sistemática e meio apelona. Mas é uma gata muito linda e tem um jeito bem sedutor, com aqueles lances de cabelo, cílios longos, pintura nas pálpebras e colares no pescoço, bem ao estilo índia,que eu adoro .

No início do relacionamento percebi nela uma obscessão pelo assunto fidelidade e uma tendência a julgar comportamentos e enquadrá-los como mal caráter. Fiquei muito preocupado pois já houvera me dado mal com minha 1a esposa, por causa de intransigência e moralismos. Mas, como ela mostrou abertura e simpatia iniciais, resolvi insistir um pouco pra ver no que dava.

Pra minha surpresa, ela me contou que já tivera feito fotos íntimas em um relacionamento anterior. Fiquei pensando naquilo, até que uma noite, quando a gente estava estava assistindo um filme em casa; estávamos todinhos nus, no sofá da sala, de frente pra varanda do apartamento. Eu com o celular na mão, todo receoso, tirei uma fotos dela, as quais ficaram muito lindas. Fiz alguns nudes tímidamente; mas ainda assim, ficaram lindos. No outro dia, mandei a ela algumas delas, via Whats app. Ela gostou.

Me animei e fiquei surpreso pois a minha ex´esposa não aceitava fotos de jeito nenhum, nem que fosse pra apagá-las no mesmo instante.

Tinha muita vontade de fazer um swing, desde os tempos da ex. Conversei sobre o tema com muitos volteios, até falar claramente que ela poderia ter uma outra pessoa, desde que fosse junto de mim; e em comum acordo. Nem propus swing porque sabia que ela era ciumenta.

Advinhem !!...Ela não topou e ainda pareceu meio decepcionada. Foi ruim, mas como estávamos começando o namoro, pensei: é o momento de arriscar um pouco.

Mudei de estratégia: comprei duas pirocas no sex shoping eletrônico. Na próxima vez que ela veio pro meu Ap, fiz uma surpresinha a ela : eu mesmo fui estrear os novos amigos de diversão (com ela). Um era menorzinho, mas o outro era uma lepa. Até me assustei com aqueles 23 cm, grossos. Com todo carinho, comecei a brincadeira. O menor (Com estímulo clitoridiano e anal), primeiro ; depois o outro, bem lubrificado.

Advinhem !... Ela aceitou na boa. E quando aquele borrachão entrou na bucetinha dela, ela se divertiu muito. e eu me animei e filmei a cena. Ficou legal e novamente ela curtiu quando passei a ela a filmagem no outro dia.

Me animei mais. A essa altura já estava no site Paraiso Swing, mas ela nem sabia. Ainda não tinha clima pra insistir porque ela é meio "gonorante" (Rs)

Pensei diversas estratétias, pra conseguir ser um corninho, mas pareciam meio complicadas e fadadas ao fracasso.

Um dia estávamos em casa novamente, nós dois peladinhos, vendo uma série. Pedi um Filé a Parmegiana pelo Delivery. E tomávamos uns drinks e smirnofs... Quando o entregador chegou , pedi pra subir. Fui atender a porta e ela foi pra cozinha, que é comunicante com a sala. Apenas de cueca, atendi a porta e pedi ao rapaz pra colocar os pedidos na varanda da sala. Ela não esperava pela entrada do rapaz... Acho que se assustou, mas, incrivelmente, fingiu estar tudo certo! ... O entregador era um cara bem bonitão...

Eu o acompanhei pra receber os produtos, mas ele já sentiu um "clima" diferente no AP. Quando ele já regressava, me dirigi a ela:

-Oi , amor ! Me desculpe aí. O rapaz tinha que colocar as coisas ali...

Ela me olhou com um ar malandrinho, entrecruzando aquelas coxas lindas, nuazinha como veio ao mundo...

Auuuu... Meu tesão estava a mil, mas procurei ser tranquilo. Disse:

-Puxa amor! me desculpe mesmo... Nem me lembrei que vc estava nua. Mas o entregador já tem costume com isto, não tem ? Perguntei voltando-me a ele.

Ele respondeu:

- Sim, claro. Tranquilo... De boa...

Ato contínuo, sem dar tempo a ela nem pra pensar direito, disse aos dois:

- Amor, sabe que tive uma idéia ? Por que não chamamos o nosso amigo aqui pra fazer uma filmagem de nós dois, peladinhos; e depois fazendo amor ?!...

Ainda com a carinha malandrinha; e já falando como mulher que tem experiência de desfile (Ela já tinha sido Miss), respondeu :

-Uai, amor... Acho que seria legal...

Aí ela disse pro rapaz ficar a vontade; tomar umas bebidas, enquanto a gente se preparava.

Enquanto fui ao quarto, percebi que os dois se olhavam e se mediam mutuamente. Ela , aquele mulherão de passarela, com aqueles seios fartos... Ele, com um pauzão de 23 cm, se avolumando por baixo da calça.

Quando retornei , disse ao amigo pra ficar mais a vontade também e tirasse suas roupas, já que nós dois também estávamos nus. Ele aquiesceu... Jogou essas roupas de lado e logo a seguir o "entregador" começou a ajeitar aqueles lindos cabelos negros, bem finos e bem lisinhos, como os de uma índia. Percebi que se aproveitou pra acariciar aqueles lindos seios, com a quela mão boba...

Senti o clima esquentando com aquele pauzão fazendo uma envergadura pra cima, de tanto tesão que estava. O rapaz quis ajeitá-la pra uma pose comigo, mas antes de eu entrar na pose o danado foi ajeitar apostura dela e passou a vara dele na bunda e no reguinho da bundinha dela. Olha só !!! E ela deu um trimilique daqueles de tesão máximo, que algumas pessoas costumam ter. Eu, que já conhecia bem a reação dela, pensei: Essa "vadia" gostosa acabou de se entregar. Olha só !!!

Bem ao estilo corninho, disse a ela: Amor, será que o Cláudio (o nome dele era Claudio) vai conseguir fazer as fotos? Acho que ele tá tremendo um pouquinho...

Ele fez um gesto, concordando comigo... e ela com os olhos me perguntou como fariam ... E eu, bem ao estilo corninho ingênuo, disse:

-Amor você faz a cena com ele e eu filmo e fotografo...

Foi a senha final que faltava...

Os dois se abraçaram e os seios dela quase furavam o peito do entregador, que na verdade era um amigo que eu conhecera do site (com o qual havia acertado previamente o modus operandis...) Rs

Rapidinho, se esfregavam e eu comecei a filmar. Mal tiveram temo de irem pro quarto. Logo logo ela estava de costas pra ele; e ele se espichando pra botar o pinto na bunda redondinha daquele mulherão...

Ainda bem que aquela vara de 23 cm era cumprida o bastante ( e envergada o bastante) pra subir e encostar naquela bucetinha, já toda lubrificada. Tudo o que encostasse ali, escorregaria pra dentro dela. Foi o que aconteceu ! Aquele pau foi engolido por ela. E ele só podia recuar e bombar n vezes naquela bundinha que vibrava como gelatina .

Daí foram mais de 1 hora de filmagens, mudando de posições ; sentando numa banquetinha; ora um; ora outro... na cama, com o bundão pra cima; outra hora sentada no colo dele.

-Amor... eu não aguento mais, amor... disse ela.

Disse: Aguenta , amor ! Eu te dou apoio... Vai, amor.; goza mais uma, bem gostoso...

Foi o ápice. Os dois urravam de prazer, até que percebi que haviam gozado demais.

A última cena foi aquela porra leitosa escorrendo na bucetinha dela, completamente vencida pela "entregador" de prazer.


Comentários