Escrito por Anônimo

Erótico
2 de out de 2019


Comi chupei e dei para minha esposa

O relato que vou contar aconteceu recentemente comigo .

E minha esposa somos casal de 37 anos ambos

Eu negro com barriguinha né de cervejinha uma rola suculenta de 18 cm faminta e gulosa ela branca loira gostosa (seios) grande e muito gulosa nos damos muito bem na cama e fora dela e temos um fogo

inexplicável quando estamos juntos e até mesmo distante.

Tudo começou em uma manhã quando eu já estava no meu trabalho e ela no dela, porém, esse dia estava bem tranquilo no trabalho e começamos nos falar E para variar a ela me viciou em ler contos eróticos e bem Mandou alguns contos.

E aí começou que ao lerbos Contos já me bateu aquele (tesão) começamos a (falar) besteiras e putaria e quem lê muito sabe bem do que estou falando além de excitar muito esses contos

mexe com nossas fantasias, mas enfim começamos a brincadeira falarmos putaria e muita safadeza Então disse para minha esposa que me aguarda

Que quando eu chegasse em casa iria pegar ela de jeito e lá vai ele me fala que já estava toda excitada em ler os contos e em um dos Contos me lembro que falava de duas mulheres se pegando ah aí eu não aguento e o outro conto Que contava a história de um casal que após finalizar a sua transa com a esposa e ter gozado na sua buceta

maridão limpava ela todinha chupando né meus pensamentos vão Amil sou louco para ver a minha esposa se pegando com outra mulher aí já logo lembrei de um dia que fantasia eu e ela na cama transando e ela se pegando com a amiga às duas se beijando se acariciando onde uma pudesse chupar a outra onde ambas pudessem gozar juntas e eu ali junto e ela vai e me disse que iria deixar eu foder às duas e ainda de lambuza comer o cuzinho sua amiga não imagina o (tesão) que fiquei estava a mil à loucura.

Mas aí é safada me continua e me disse que eu teria que pagar um preço para poder dividir a amiga dela com ela e para isso eu teria que deixar ela fazer aquela dupla penetração Tão Sonhada desejada que minha esposa sonha início a safada já começou a se imaginar ela com às duas rolas na boca (nós) dois pegando ela e ela não satisfeita sabendo que meu pau é grande e grosso ela queria um tão grande ou maior que o meu para ela se acabar. E assim vamos Nossa brincadeira e ela ainda me fala que ficou maluca ao ler o conto onde o próprio marido fazia a esposa gozar novamente chupando ela toda gozada por si próprio

Início o dia foi se passando eu todo excitado ela também no trabalho excitado chegamos a casa ao fim de noite ela já tinha chegado estava preparando o jantar eu fui tomar meu banho lhe dei um beijo nos cumprimentamos conversamos rápido e fui para o banho então juntamos tomamos um vinho uma cerveja assistimos um pouco de tv e fomos para o nosso quarto.

Não demorou muito comercial abraçá-la beijá-la dar carinho e comecei a falar para ela Então hoje você me deixou maluco com toda aquela putaria e ira pagar preço comecei a beijar lá loucamente chutando o seu pescoço dando lambidas na orelha ela vai à loucura sussurrando e falando putarias ao seu ouvido

Vou tirando sua roupa, na verdade, ela já estava apenas de calcinha e sutiã um sutiã de renda uma calcinha minúscula só aquele fiozinho cheiroso que deixa o negro maluco Então já fui voraz ranqueie seu sutiã e comecei a percorrer a minha língua pelos bicos de seus seios Que sol maravilhoso e comecei chupá-los lentamente Vou ter até sua boca dele mais um beijo e voltei para os seus seios foram descendo pela sua barriga lentamente até chegar na sua bucetinha que a essas alturas já estava toda excitada e ela fica muito molhadinha chega a escorrer aquele melzinho delicioso que eu tanto adoro não resisto caiu de boca em sua bucetinha vou chupando lentamente passando a minha língua pelo seu grelo enfiar minha língua dentro da sua bucetinha e continuo lentamente eu não satisfeito continua a percorrer a minha língua e chego até o seu bumbum dá algumas mordidas vou passando a minha língua pelo seu ânus começa a Lamber o seu cuzinho ela vai à loucura adoro chupar e lamber o cuzinho enfiou a minha língua nela continua a lamber e volto para sua bucetinha já escorrendo aquele melzinho ela não demora muito e vem o seu primeiro gozo em minha boca Não deixe escapar a nada então ela ainda continua voraz louca vem até o meu pau e começa a chupar alô um delicioso vai e vem em sua boca eu apoio minha mão em sua garganta e faça uma garganta profunda ela continua babando no meu pau e chupando loucamente com uma estria como ela faz então ela não satisfeita começa a lamber o meu saco volta ao meu pau continua chupando mais um pouco volta para o meu saco e vai descendo para o meu ânus fico maluco quando ela chupa o meu cu ela já se retorcendo de tesão também de repente ela para e fala se prepare Negrão vai até a nossa gaveta pega a nossa caixinha de brinquedos e volta para a cama volta a chupar o meu pau o meu cuzinho e de repente introduz um dedo lentamente eu já estou me retorcendo de tesão o meu pau explodindo e ela chupando e colocando o dedinho no meu corpo já estou fora de si Então ela vá até à gaveta pelo consolo coloca uma camisinha manda eu ficar de quatro eu falo o que é isso ela fala me obedece eu prontamente me colocou de quatro para ela introduz uma camisinha passa um gel no meu cu e começa lentamente começa a doer, mas o (tesão) é maior e ela coloca tudo eu começo a gemer já estou maluco de tesão então peço para ela que me deixe penetrava pois já não estou aguentando morrendo de vontade de gozar e me viram e ela não deixa eu tirar o consolo do meu cu Então ela vem por cima de mim e começou uma deliciosa cavalgada mo meu pau e eu ainda sentindo aquele consolo no meu cu um (tesão) inexplicável ela vai cavalgando e colou na mão por trás continua a flexionar o consolo em mim então vou dando várias estocadas nela até que não aguento mais jorro farto jato de porra na sua bucetinha Então ela ainda continua por cavalgar e também goza junto comigo uma sensação inexplicável usar em uma bucetinha com consolo no cu e sentir a sua esposa logo em seguida gozar novamente contigo então ela sai de cima de mim eu vejo a minha porra escorrendo pelas suas pernas então agora é minha vez de ordenar que ela se deite na cama novamente Ela olha para mim manda o que ela abra as pernas ela quase não acredita e lá vai eu cair de boca em sua bucetinha

ainda a mistura da minha porra com o gozo dela e a começa chupar lá limpar tudo aquilo que estava saindo de dentro dela e vou lentamente limpando chupando a sua bucetinha toda gozada por mim ela começa a se retorcer novamente e logo sinto que ela vai gozar não demora muito e sinto ela gozar o novamente por eu estar chupando ela toda gozada fui à loucura limpei a minha esposa sentir aquela é tesão inexplicável fui até ela abraça beijei e dormimos abraçadinhos um (tesão) inexplicável só quem já teve a sua oportunidade poderá dizer se gostaram deixe seus comentários no próximo conto irei contar como comer o cuzinho gostoso dela e gozei


Comentários